i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
estados unidos

Idosos são maioria dos desaparecidos em incêndio na Califórnia

Autoridades tentam localizar as 130 pessoas que ainda estão desaparecidas. Número de mortos por incêndio no estado subiu para 58

    • Da Redação, com agências
    • 15/11/2018 12:11
    Equipe de buscas carrega um corpo encontrado no incêndio Camp Fire, na região de Paradise, norte da Califórnia | JOSH EDELSON/AFP
    Equipe de buscas carrega um corpo encontrado no incêndio Camp Fire, na região de Paradise, norte da Califórnia| Foto: JOSH EDELSON/AFP

    O número de mortos no incêndio Camp Fire, no norte do estado da Califórnia, EUA, subiu para 56, segundo balanço divulgado pelos bombeiros na noite de quarta-feira (14). Centenas de pessoas se juntaram a equipes de buscas para encontrar restos mortais, enquanto as autoridades tentam localizar as 130 pessoas que ainda estão desaparecidas – a maioria delas é idosa, com idades entre 80 e 90 anos.

    Paradise, a cidade de 27 mil habitantes que foi a mais atingida pelo incêndio, era conhecida por ser um reduto para aposentados. A idade média de seus habitantes é 50 anos, mais de uma década a mais que as médias estadual e nacional. As comunidades de aposentados e os cuidados com a saúde são os alicerces da economia de Paradise. 

    Leia também: Enfermeiro dirige entre chamas para salvar vidas na Califórnia e ganha nova picape

    Ao longo de um trecho de pouco menos de um quilômetro na rodovia Buschmann Road, ao sul de Paradise, quatro "comunidades seniores" com nomes como Atria Paradise e The Plantation foram destruídas pelo fogo. Muitos outros bairros de aposentados eram parques de casas móveis que não existem mais.

    O Camp Fire já atingiu uma área de 558 quilômetros quadrados, destruindo 8.650 casas e 260 comércios. Uma estimativa dos bombeiros prevê que o fogo será totalmente controlado somente no fim de novembro.

    Outro incêndio de grandes proporções está tomando uma área de quase 400 quilômetros quadrados no sul da Califórnia, na região de Los Angeles. O Woolsey Fire, como está sendo chamado, matou pelo menos duas pessoas, elevando para 58 o número total de vítimas fatais nos incêndios no estado da Califórnia. As autoridades estão investigando uma terceira morte, em Agoura Hills, para determinar se foi causada pelo fogo, segundo a delegacia do condado de Los Angeles.

    Identificação das vítimas

    Os corpos de oito vítimas foram encontrados em Paradise, cidade no norte do estado que foi a mais atingida pelo fogo. Destes, 47 já foram identificados, afirmou o xerife local, Kory Honea, na noite de quarta-feira (14, madrugada de quinta no Brasil).

    Ele anunciou também o aumento das buscas por mais vítimas, que contam com 461 pessoas e 22 cachorros. "A partir desta quinta, todos que pensam que podem ter um membro da família morto podem vir e deixar uma amostra de DNA", afirmou. 

    Leia mais: Camp Fire já é o incêndio mais mortal da história da Califórnia

    Ele anunciou também que mais de 200 pessoas que foram dadas como desaparecidas inicialmente já foram encontradas e passam bem, mas que a lista ainda conta com 130 nomes, a maioria de idosos que viviam na região de Paradise. 

    As autoridades locais também emitiram um alerta por contaminação do ar devido ao incêndio e a maior parte das ordens de retirada seguem vigentes – cerca de 150 mil pessoas estão fora de casa no momento.  

    Mais de nove mil casas foram destruídas pelo fogo em todo o estado e autoridades começam a discutir o que farão quando os incêndios forem controlados. "É uma maratona, não um sprint, mas todos nós devemos trabalhar juntos na reconstrução", disse Mark Ghilarducci, do serviço de emergência da Califórnia.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.