Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Bombeiros tentam conter incêndio em San Marcos, na Califórnia | REUTERS / Mike Blake
Bombeiros tentam conter incêndio em San Marcos, na Califórnia| Foto: REUTERS / Mike Blake

Uma sequência de violentos incêndios florestais incomuns para o mês de maio obrigou a retirada de pessoas, desde terça-feira (13), de milhares de casas, uma usina nuclear, uma grande base militar e um campus universitário no sul da Califórnia, informaram as autoridades locais.

A Califórnia vive uma das piores secas de sua história, além de uma semana de altas temperaturas e fortes rajadas de vento.

A sequência de incêndios, que começou nas proximidades da cidade de San Diego, é considerada incomum por sua intensidade e rapidez com que as chamas avançam, algo que é mais frequente nos meses de verão.

A Defesa Civil havia pedido a mais de 20 mil pessoas para abandonarem suas casas na noite desta terça (13), mas os bombeiros conseguiram conter parcialmente as chamas e a medida foi anulada.

Por enquanto não se informou que os incêndios tenham deixado feridos, mas estima-se que pelo menos 20 estruturas tenham ficado completamente destruídas pelas chamas.

Os focos declarados afetaram especialmente as localidades de Carlsbad e Rancho San Bernardo, nas proximidades de San Diego, assim como o condado de Santa Bárbara, ao norte de Los Angeles.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]