i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
ilegalidade

Irã condena ao confisco de imóveis nos EUA

A porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Marzieh Afkham teria dito que o veredicto foi "ilegal" e uma decisão politicamente motivada, o que viola as regras dos EUA sobre liberdade de religião

  • PorAgência Estado
  • 19/04/2014 08:54

O Irã condenou uma decisão de um juiz federal dos Estados Unidos aprovando planos de vender um prédio comercial de 36 andares em Manhattan e outras propriedades imobiliárias pertencentes ao país árabe, no que seria o maior confisco associado ao terrorismo já feito.

A porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Marzieh Afkham teria dito na noite de sexta-feira (18) à agência oficial de notícias IRNA que o veredicto foi "ilegal" e uma decisão politicamente motivada, o que viola as regras dos EUA sobre liberdade de religião.

O juiz determinou em setembro do ano passado que uma torre comercial em Manhattan, pertencente à Fundação Alavi, seria confiscada porque a receita gerada a partir dela foi secretamente canalizada para um banco estatal iraniano, o que viola um embargo comercial dos EUA.

Fonte: Associated Press.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.