i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
diplomacia

Irlanda convida rainha da Inglaterra para visita inédita

Ilha foi governada pelo governo inglês até 1920. Tensões separatistas ainda acontecem na região da Irlanda do Norte

  • PorReuters
  • 23/06/2010 15:38

O governo irlandês convidou a rainha Elizabeth II, da Grã-Bretanha, para uma visita a Dublin, a primeira de um monarca britânico à república.

A ilha da Irlanda foi inteiramente governada pela Grã-Bretanha até a década de 1920, quando 26 condados se separaram, depois tornando-se uma república, enquanto outros 6 condados continuaram sob o governo de Londres, sob o nome de Irlanda do Norte.

Os governos britânico e irlandês cooperam estreitamente na implementação do acordo de paz na Irlanda do Norte, onde há tensão entre protestantes pró-monarquia e católicos republicanos.

"Nenhum obstáculo atualmente existe (...) para essas cortesias normais de Estados vizinhos amistosos, na troca de visitas entre chefes de Estado", disse o primeiro-ministro irlandês, Brian Cowen, à TV estatal RTE, após se reunir em Londres com seu homólogo britânico, David Cameron.

"Acho que seria um fato positivo", disse Cowen sobre a visita da rainha. "É oportuno agora que avancemos nessa relação."

O palácio de Buckingham não comentou a notícia.

Todos os principais partidos irlandeses apoiam o processo de paz, mas alguns grupos nacionalistas manifestaram sua oposição à visita da rainha.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.