Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Aitzaz Ahsan, líder da oposição e advogado paquistanês, foi detido depois que o presidente Pervez Musharraf declarou estado de emergência neste sábado.

"Eles me entregaram um pedido de detenção de 30 dias", afirmou Ahsan, presidente de uma importante entidade de classe, a repórteres do lado de fora de sua casa, na capital. "Um homem tornou refém toda a nação.... Chegou a hora do general Musharraf ir embora."

Colegas advogados gritavam "fora, Musharraf, fora" enquanto Ahsan, que era levado pela polícia, fazia o sinal da vitória a seus apoiadores.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]