Joe Biden foi vice-presidente na gestão de Barack Obama.
Joe Biden foi vice-presidente na gestão de Barack Obama.| Foto: AFP

Cerca de 100 líderes republicanos e independentes anunciaram apoio ao candidato democrata Joe Biden na corrida pela Casa Branca, incluindo o ex-pré-candidato Bill Weld e os ex-governadores de Michigan e Nova Jersey. O mais recente esforço de republicanos contra a reeleição do presidente Donald Trump inclui, ainda, integrantes do partido no estado de Michigan, considerado um estado em disputa crucial para o resultado das eleições de 3 de novembro.

Saiba tudo sobre as eleições de 2020 nos EUA

Chamado de "Republicanos e Independentes por Biden", o grupo é liderado por Christine Todd Whitman, ex-governadora republicana de Nova Jersey. Ela chegou a discursar na Convenção do Partido Democrata na segunda quinzena de agosto.

Whitman acusa o presidente de trair os ideais conservadores ao minar o império da lei e a segurança nacional, mentir, dividir a América em fronteiras raciais e falhar com o país no combate à pandemia do coronavírus.

Já Bill Weld, ex-governador de Massachusetts, tentou, sem sucesso, disputar com Trump a indicação republicana para concorrer à presidência em 2020. Outro importante líder do grupo é Rick Snyder, que governou Michigan por dois mandatos e deixou o cargo em 2019.

"Tendo trabalhado tanto com Joe Biden [vice-presidente na gestão Obama] quanto com Donald Trump quando era governador, creio que Biden é a escola clara para recolocar nosso país em um caminho positivo", disse.

Confira: Reeleição de Trump solidificaria "revolução" no Partido Republicano

Whitman, que comandou a Agência de Proteção Ambiental durante o governo de George W. Bush, diz que o grupo vai atuar em alguns estados que ainda estão em disputa, especialmente entre mulheres de classe média e eleitores que, embora não gostando Trump, ainda hesitam em apoiar Biden.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]