Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Complexo da organização Christian Aid Ministries no Haiti
Complexo da organização Christian Aid Ministries no Haiti| Foto: EFE/Orlando Barría

O grupo Christian Aid Ministries divulgou nesta segunda-feira (6) que mais três dos 17 reféns ligados à organização que foram sequestrados no Haiti em outubro foram libertados.

“Agradecemos a Deus que mais três reféns foram libertados na noite passada. Os que foram libertados estão seguros e parecem estar de bom humor. Como na soltura anterior, não podemos fornecer os nomes das pessoas liberadas, as circunstâncias da liberação ou quaisquer outros detalhes”, informou a organização, em comunicado. No mês passado, dois reféns haviam sido liberados. Dessa forma, 12 seguem à mercê dos sequestradores.

O grupo de 17 pessoas, entre missionários e integrantes de suas famílias, foi sequestrado pela 400 Mawozo, uma gangue conhecida por atacar grupos religiosos e que pediu US$ 1 milhão pela liberação de cada um dos raptados (14 adultos e três menores de idade, sendo 16 cidadãos dos Estados Unidos e um canadense).

A Christian Aid Ministries pediu orações para que os demais sejam liberados. “Por favor, continuem a interceder por aqueles que ainda estão detidos, bem como por aqueles que foram libertados. Ansiamos que todos os reféns se reencontrem com seus entes queridos. Obrigado pelo seu apoio em oração”, acrescentou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]