Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Uma cantora lírica brasileira afirma ter sido espancada e que teve a filha levada pelo ex-marido após ser mantida em cárcere privado na Líbia. Cecília von Adamovich está abrigada desde o último domingo (16) na embaixada brasileira em Trípoli. A informação foi confirmada pelo Ministério das Relações Exteriores na tarde deste sábado (22). De acordo com o Itamaraty, a brasileira está recebendo apoio jurídico e psicológico da embaixada.

Em relato publicado em uma rede social, amigos dizem que Cecília foi casada com um líbio que morava na Suécia e que teria se divorciado após "constantes agressões verbais e físicas" e obtido a guarda da filha.

Ainda de acordo com o relato, a brasileira aceitou viajar para a Líbia com a filha a pedido do ex-marido. Na véspera de retornar para a Suécia, a cantora lírica foi sedada e mantida em cárcere privado. Os passaportes dela e da filha sumiram.

No último domingo, Cecília teria sido deixada pelo ex-marido e pelo ex-cunhado na porta da embaixada brasileira.A reportagem tentou falar com a brasileira e o embaixador brasileiro Afonso Carbonar, mas até a publicação da reportagem não havia obtido retorno.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]