Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

As equipes de socorro resgataram nesta quarta-feira (18) o corpo de um homem dos escombros de um templo na região de Niigata, no centro do Japão, fazendo subir para dez o número de mortos por causa dos fortes terremotos que atingiram a região na segunda-feira (18).

O corpo foi achado em Kashiwazaki, a cidade mais afetada pelo terremoto de 6,8 graus na escala Richter, que destruiu ou danificou mais de 2.000 edifícios.

A catástrofe também deixou pelo menos 1.000 feridos. Segundo a agência Kyodo, um homem de 76 anos, oriundo de Kashiwazaki, continua desaparecido.

Radioatividade

A radioatividade do vazamento de água da central nuclear japonesa de Kashiwazaki-Kariwa, ocorrida durante o terremoto de segunda-feira (16), é 50% maior do que inicialmente estimado, anunciou nesta quarta-feira (18) a companhia Tokyo Electric Power (Tepco), que gerencia a usina.

A Tepco, que em princípio fez um balanço da radioatividade de 60.000 becquerels, disse que o nível atingiu, na realidade, os 90.000 becquerels.

"Houve um erro no cálculo da radioatividade do vazamento de água, que se dirigiu para o mar", explicou a companhia em um comunicado.

"Mas o cálculo corrigido da radioatividade se mantém abaixo do limite legal e não afeta o meio ambiente", acrescenta o texto.

Além do vazamento radioativo, o violento terremoto de 6,8 graus na escala Richter provocou pelo menos 50 incidentes na central, entre eles um incêndio num transformador, vazamentos de combustível e outros danos materiais.

A central, que é a maior do Japão, foi fechada até segunda ordem.

Vazamentos

As autoridades do Japão passaram a terça-feira (17) investigando um segundo vazamento radioativo, depois de descobrir danos em vários depósitos de resíduos de baixa intensidade na usina nuclear de Kashiwazaki-Kariwa.

Segundo Masahide Ichikawa, um funcionário da província de Niigata, uma inspeção para comprovar danos na usina nuclear descobriu que cerca de 100 tambores para a armazenagem de resíduos tóxicos tinham caído no chão e sofrido diversos golpes.

A companhia analisou se os danos a alguns tambores permitiu um novo vazamento radioativo.

O terremoto deixou até o momento dez mortos, todos idosos, mais de mil feridos e cerca de 12 mil desabrigados, assim como grandes danos materiais. Além disso, várias regiões afetadas continuam sem água corrente e sem eletricidade.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]