| PAUL VERNON/AFP
| Foto: PAUL VERNON/AFP

Pelo menos oito pessoas ficaram feridas - uma gravemente - aparentemente após um veículo se chocar contra um grupo de pessoas na Universidade Estadual de Ohio, na cidade de Columbus, nesta segunda-feira (28). Um suspeito foi morto pela polícia com um disparo, informou a emissora WBNS, acrescentando que os agentes levaram outras duas pessoas algemadas do estacionamento da universidade, o qual haviam isolado.

Uma testemunha disse que o suspeito dirigia uma caminhonete vermelha. O incidente foi declarado como um tiroteio, mas não estava claro se havia feridos por armas de fogo. Alguns relatos sugeriram que o agressor ou os agressores utilizaram uma faca.

“A cena está segura agora. Todas as aulas foram canceladas no campus de Columbus pelo resto do dia”, disse o serviço de emergência da universidade em seu Twitter, dando a situação como terminada.

Pouco antes, declararam alerta em um tuíte e pediram que todos corressem e se protegessem. Em uma segunda mensagem, solicitaram que as pessoas “permanecessem protegidas onde estivessem” e “evitassem a área”.

Imagens da televisão mostravam estudantes abandonando o edifício, enquanto Rebecca Diehm, porta-voz do Departamento de Bombeiros de Columbus, disse que oito pessoas haviam sido levadas ao hospital.

Policial atropelado

Quando ocorreu o incidente, o sistema de emergência da universidade pediu com urgência que todos os estudantes e funcionários se refugiassem em meio a informes de que havia uma pessoa com arma de fogo. Várias ambulâncias, caminhões de bombeiros e veículos da Swat (as Forças Especiais americanas) rodearam o campus.

“Estava em casa com meu colega de quarto, me arrumando para ir à aula, quando ouvi cinco ou seis disparos e logo (escutamos) as sirenes”, contou o estudante Steven Yukker ao canal MSNBC.

O aluno assegurou ter visto de sua janela um corpo estendido no chão que “agora está coberto por um saco”, detalhou. Nicole Kreinbrink, também estudante, contou que caminhava por uma rua do campus quando um carro atropelou um grupo de pessoas.

O veículo também “atropelou um policial. Quando corri porque vi o policial, ele estava muito mal, e quis ajudá-lo. Todo mundo corria, gritava e umas meninas me disseram ‘levante-se, levante-se’. E comecei a correr com elas”, contou.

“Alguém bateu com o carro em um grupo de pessoas. Estou seguro”, acrescentou o estudante Joseph Noll, que não ouviu o tiroteio, mas sim um alarme de incêndio.

A Universidade Estadual de Ohio é uma das maiores dos Estados Unidos, com cerca de 60.000 estudantes em seu campus principal, em Columbus.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]