Os candidatos aliados do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, ganharam a maioria das prefeituras disputadas em eleições no domingo, dando respaldo popular ao sucessor de Hugo Chávez para continuar seu projeto de socialismo.

A primeira disputa eleitoral entre Maduro e a oposição, oito meses após o presidente ter assumido o poder, foi um termômetro do apoio às drásticas medidas econômicas implementadas nas últimas semanas para tentar controlar a constante alta de preços.

"O povo da Venezuela disse ao mundo que a revolução bolivariana continua agora com mais força", disse Maduro a seguidores. "Esta semana vamos aprofundar a ofensiva econômicas para proteger a classe média", acrescentou.

Os candidatos do governo receberam 44,16% do total de votos e ganharam a maioria das prefeituras, com 77% dos municípios apurados.

No entanto, com 40,96% dos votos, a Mesa da Unidade Democrática (MDU), de oposição, ganhou terreno e ficou com as principais cidades do país.

Segundo os resultados preliminares, mas irreversíveis, divulgados pelo Conselho Nacional Eleitoral, o governante Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) ganhou em 196 dos 337 municípios em disputa. A oposição venceu em 53, e ainda faltava a confirmação do resultado em outros 88.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]