Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Durante protestos contra medida do presidente Pedro Castillo, houve enfrentamentos entre policiais e manifestantes
Durante protestos contra medida do presidente Pedro Castillo, houve enfrentamentos entre policiais e manifestantes| Foto: EFE/Aldair Mejía

Após um dia de manifestações contra o presidente do Peru, Pedro Castillo, o chefe do Executivo peruano decidiu suspender o toque de recolher que havia imposto em Lima e na província vizinha de Callao.

Segundo o Canal N, Castillo voltou atrás depois de algumas horas devido à pressão social – durante os protestos, houve enfrentamentos entre policiais e manifestantes. “Anuncio que a partir de agora vamos anular este mandato. É para chamar o povo peruano à tranquilidade”, anunciou o presidente, em reunião com parlamentares no Congresso da República.

O governo do Peru havia ordenado nesta terça-feira (5) a mobilização de 70 patrulhas das Forças Armadas em Lima e em Callao para apoiar a Polícia Nacional durante o toque de recolher decretado em resposta à paralisação dos transportadores.

Por volta da meia-noite, Castillo havia anunciado, em uma mensagem surpreendente, a decisão que seu governo havia tomado de decretar estado de emergência nas províncias de Lima e Callao devido à greve que as transportadoras realizam contra o aumento dos preços dos combustíveis.

A greve começou na segunda-feira da semana passada, 28 de março, e se espalhou por várias regiões do país, onde dezenas de estradas foram bloqueadas temporariamente e houve saques e confrontos pontuais entre manifestantes e policiais.

Esses eventos, no entanto, não haviam sido replicados da mesma forma em Lima e Callao, onde, mesmo assim, essa medida foi decretada, o que gerou críticas de cidadãos e políticos de todas as correntes. O despacho vigoraria pelo menos até as 23h59 (horário local) desta terça-feira.

O Instituto Peruano de Esportes (IPD) havia suspendido a partida entre Sporting Cristal e Flamengo, válida pela Copa Libertadores, marcada para as 22 horas (horário de Brasília) no Estádio Nacional de Lima, devido ao toque de recolher. Depois do anúncio de Castillo, a Conmebol informou que o jogo está mantido.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]