Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, acusou Rússia de “replicar atrocidades nazistas”
Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, acusou Rússia de “replicar atrocidades nazistas”| Foto: Sergey Dolzhenko/EFE

No dia que marca os 77 anos da rendição da Alemanha na Segunda Guerra Mundial, os presidentes da Rússia e da Ucrânia fizeram discursos com referências ao nazismo. Os dois países estão em conflito há mais de dois meses, quando os russos invadiram o território ucraniano.

Em discurso neste domingo (8), o presidente russo Vladimir Putin fez várias comparações entre a Segunda Guerra e o atual conflito com a Ucrânia. "Hoje, nossos soldados, assim como seus antepassados, lutam ombro a ombro pela libertação de sua pátria da sujeira nazista, com a confiança de que, como em 1945, a vitória será nossa", disse Putin.

"Nosso dever comum hoje é impedir o ressurgimento do nazismo, que causou tanto sofrimento a povos de diferentes países", afirmou Putin, que não citou diretamente os ucranianos, mas disse que "infelizmente, hoje o nazismo voltou a levantar a cabeça".

"Escuridão voltou à Ucrânia"

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, também divulgou um discurso em referência à Segunda Guerra. Em um vídeo gravado em frente a edifícios destruídos por mísseis russos, ele diz que "a escuridão voltou à Ucrânia décadas após a Segunda Guerra Mundial".

Zelensky acusou a Rússia de "replicar atrocidades nazistas" durante a invasão ao seu país. E completou: "O mal voltou. De uma forma diferente, sob slogans diferentes, mas com o mesmo propósito."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]