Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Uma série de petroglifos e peças de cerâmica encontradas no sítio sagrado Werephai no Suriname remontam a quase 5 mil anos de idade, segundo uma equipe de arqueólogos que durante três anos trabalhou no local.

"É um mistério", disse o arqueólogo Abelardo Sandoval, do Instituto Smithsonian de Washington, ao apresentar os relatórios preliminares da pesquisa arqueológica sobre o sítio.

Sandoval participou junto com o arqueólogo Aad Versteeg, do Museu do Suriname, e o ecologista Dirk Noordam de um trabalho de três anos que terminou em junho de 2007.

Segundo Sandoval, análises realizadas com carbono 14 revelaram que as peças de cerâmica encontradas em Werephai têm 4930 anos, as mais antigas da região (Suriname, as Guyanas e o norte do Amazonas).

"Cerca de 313 entalhamentos na rocha e petroglifos foram encontrados em sete cavernas no complexo rochoso de 150 metros de extensão e de 40 a 60 metros de largura", informou Versteeg.

Werephai - um nome que se refere a avó indígena de uma história nativa ameríndia, foi descoberto no dia 8 de maio de 2000 pelo fundador da tribo Trio, o indígena Kamanja Paneshekung, do povoado de Kwamalasamutu no sudoeste do Suriname, próximo à fronteira brasileira.

Os pesquisadores acreditam que o sítio, situado a cerca de 50 quilômetros da fronteira sul com o Brasil, não mostra a presença de humanos de 2000 a 4200 anos atrás pelo que ficaram intrigados.

"Os desenhos não são deste mundo, mas de outro. Alguns lembram simples rostos, outros figuras como serpentes e outras se assemelham a humanos, com pernas e braços", contou Versteeg ao descrever os petroglifos.

Até mesmo no museu ameríndio do Instituto Smithsonian não há registros desse tipo de petroglifos, disse Sandoval.

As finas e decoradas peças de cerâmica indicam que naquele lugar foram realizadas atividades cerimoniais e sagradas, afirmou Sandoval.

Segundo Versteeg, o Suriname registrou em 2005 a descoberta de 25 sítios arqueológicos com 192 petroglifos. Em 2007, já são 505.

O primeiro petroglifo do Suriname foi descoberto em 1853 e documentado em 1882.

O Suriname, localizado na costa nordeste da América do Sul, é uma ex-colônia holandesa com uma população de 490 mil pessoas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]