i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
clima

Tempestade tropical Rick faz 2a. vítima; ventos perdem força

Os ventos do Rick caíram para cerca de 100 quilômetros por hora segundo o Centro Nacional de Furacões (CNF) dos EUA, mas a tempestade ainda pode causar inundações e deslizamentos perigosos

  • Porreuters
  • 20/10/2009 14:44
Os ventos do Rick caíram para cerca de 100 quilômetros por hora segundo o Centro Nacional de Furacões (CNF) dos EUA, mas a tempestade ainda pode causar inundações e deslizamentos perigosos | Nasa
Os ventos do Rick caíram para cerca de 100 quilômetros por hora segundo o Centro Nacional de Furacões (CNF) dos EUA, mas a tempestade ainda pode causar inundações e deslizamentos perigosos| Foto: Nasa

A tempestade tropical Rick perdeu força nesta terça-feira ao se aproximar da península mexicana da Baixa Califórnia, mas as ondas mataram uma segunda pessoa -- um adolescente que nadava no mar.

Os ventos do Rick caíram para cerca de 100 quilômetros por hora segundo o Centro Nacional de Furacões (CNF) dos EUA, mas a tempestade ainda pode causar inundações e deslizamentos perigosos ao passar por balneários do extremo sul da península, no final da noite de terça-feira.

O CNF alertou para condições perigosas do mar na costa sul da Baixa Califórnia, já que o Rick -- que no fim de semana chegou a ser um furacão da categoria 5, o topo da escala -- avançava para nordeste a 7 quilômetros por hora, e aparentemente ganhava velocidade.

Às 12h (hora local), seu centro estava 325 quilômetros a sul-sudoeste do balneário de Cabo San Lucas. Esperava-se que passasse ao sul da Baixa Califórnia, sem atingi-la, para então chegar ao continente na quarta-feira.

Um menino de 16 anos foi arrastado pelas ondas em Cabo San Lucas na segunda-feira, e um homem de 38 anos, do vizinho estado de Sinaloa, foi morto perto dali no domingo, quando foi atirado pelas ondas contra pedras.

O México não tem instalações de extração de petróleo nessa área, e apenas uma pequena parte da sua produção é exportada pelo Pacífico.

Rick foi o sétimo furacão da temporada no Pacífico. Em setembro, o Jimena, que chegou à categoria 4, poupou balneários de luxo, mas provocou fortes chuvas e ventos no centro da Baixa Califórnia, matando um idoso cuja casa foi inundada.

Comerciantes e moradores da região de Los Cabos pregaram tábuas nas janelas e prepararam sacos de areia para protegerem suas propriedades. As autoridades disponibilizaram albergues, e muitos pescadores norte-americanos desistiram de um torneio de pesca de três dias, marcado para começar na quarta-feira.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.