Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Londres - A Justiça do Reino Unido condenou três muçulmanos britânicos que planejavam explodir aviões que partiriam de Londres com destino à América do Norte usando bombas feitas com explosivos líquidos. O plano foi descoberto em 2006.

O júri do tribunal de Wool­wich, no sudeste de Londres, considerou Abdulla Ahmed Ali, 28 anos, Assad Sawar, 29, e Tanvir Hussain, 28, culpados por conspirar para matar milhares de pessoas em pleno voo. Outros quatro acusados foram inocentados da mesma acusação. Um oitavo homem, Umar Islam, 31, foi acusado de conspiração para assassinato, mas os jurados não chegaram a nenhuma conclusão sobre se ele estava ou não envolvido no plano para ex­­plodir as aeronaves.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]