Trump anuncia acordo para compra de vacina da Moderna e critica vice de Biden
| Foto: AP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou em entrevista coletiva nesta terça-feira (11) que seu governo fechou um acordo com a Moderna para a compra e a entrega de 100 milhões de doses da vacina da empresa caso ela se mostre bem-sucedida contra a Covid-19. A companhia também publicou comunicado, confirmando o fato.

Trump lembrou que há atualmente três vacinas americanas na terceira fase de ensaios clínicos, a última antes de uma eventual aprovação para colocação no mercado. Ele também voltou a defender sua política para enfrentar a pandemia. Segundo Trump, os casos em vários países da Europa têm aumentado recentemente, enquanto a trajetória nos EUA é de queda.

O presidente também aproveitou a coletiva para criticar a escolha do ex-vice-presidente Joe Biden da senadora Kamala Harris como sua companheira de chapa. Segundo Trump, Kamala "é uma pessoa que contou muitas histórias que não são verdade" e que deseja elevar impostos em bilhões de dólares, cortando o orçamento das Forças Armadas.

O republicano também comentou que ela "se saiu muito mal nas primárias" do Partido Democrata. Trump se disse "surpreso" pelo fato de Biden tê-la escolhido e afirmou que, para ele, essa era uma boa notícia. O presidente disse que a senadora era "desrespeitosa" e teria dito "coisas horríveis" sobre Biden na pré-campanha.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]