i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Hidroxicloroquina

Trump defende sua decisão de tomar medicamento como prevenção ao coronavírus

  • PorGazeta do Povo
  • com Estadão Conteúdo
  • 19/05/2020 17:06
O presidente dos EUA, Donald Trump, fala com a imprensa após encontro com senadores republicanos no Congresso americano, 19 de maio. Trump defendeu sua decisão de tomar um medicamento sem eficácia comprovada para a prevenção de Covid-19
O presidente dos EUA, Donald Trump, fala com a imprensa após encontro com senadores republicanos no Congresso americano, 19 de maio. Trump defendeu sua decisão de tomar um medicamento sem eficácia comprovada para a prevenção de Covid-19| Foto: Drew Angerer/ Getty Images/ AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu nesta terça-feira, 19, a sua decisão de se medicar com hidroxicloroquina como prevenção ao novo coronavírus. "Acho que dá um nível adicional de segurança", comentou ele a repórteres, após reunião com senadores republicanos em Washington.

Trump revelou ontem que está fazendo uso do medicamento, contrariando as recomendações do seu próprio governo, que alertou sobre os riscos de efeitos colaterais graves da droga e falta de evidências sobre a sua eficácia (veja a posição do FDA ao final da matéria).

O presidente americano disse que, em uma pesquisa à qual teve acesso, que indicava resultados ruins da hidroxicloroquina, o medicamento havia sido ministrado a "pessoas muito doentes, quase mortas. Foi uma declaração de inimigos de Trump", o que para ele teria influenciado os resultados.

Trump aparentemente estava se referindo a um estudo feito com centenas de pacientes de centros médicos de veteranos dos Estados Unidos, pontuou o The Guardian. Esse estudo mostrou que a hidroxicloroquina não diminuiu a necessidade de respirador artificial e ao índice de mortes foi maior entre os pacientes que tomaram o remédio.

Por outro lado, ele disse que há relatos de uso do medicamento por profissionais na linha de frente da batalha contra o vírus na Itália, na França e em outros lugares.

"Ela não machuca as pessoas, está no mercado há 60 anos ou mais", disse ele, lembrando que o medicamento já é usado para outras doenças, como a malária. Algumas pesquisas recentes, porém, concluíram que a cloroquina e a hidroxicloroquina aumentam o risco de arritmias cardíacas e são ineficazes contra a Covid-19.

Ontem, Trump afirmou que estava tomando um comprimido de hidroxicloroquina ao dia, havia algumas semanas, mas que não tinha sintomas de coronavírus e nem havia sido exposto à doença. Ele disse que tinha consultado um médico da Casa Branca sobre o assunto.

Uma porta-voz de Trump confirmou nesta terça-feira que o presidente está tomando o medicamento para tentar se proteger do vírus. "Eu posso absolutamente confirmar isso", disse Kayleigh McEnany à CBS News. "O próprio presidente disse que está tomando. Este é um fato. Ele disse. A palavra do presidente deve valer", completou.

A Casa Branca divulgou na noite de segunda-feira um comunicado assinado pelo médico de Trump, Sean P. Conley, que não confirmou e nem desmentiu que o presidente estivesse tomando hidroxicloroquina.

"O presidente está com a saúde muito boa e permanece sem sintomas", diz o comunicado, que também informa que Trump faz testes regulares para Covid-19 e todos deram negativo até o momento. "Após várias discussões que ele e eu tivemos sobre as evidências contra ou a favor o uso da hidroxicloroquina, concluímos que o benefício potencial do tratamento se sobrepõe aos riscos relevantes".

Posição do FDA

A agência federal americana reguladora de medicamentos, a Food and Drug Administration (FDA), alertou em abril sobre os riscos do uso do medicamento fora do ambiente hospitalar e de situações de testes clínicos. "A cloroquina e a hidroxicloroquina não têm demonstrado ser seguras e eficazes para o tratamento ou a prevenção da Covid-19", disse o FDA em comunicado. "Enquanto ensaios clínicos estão em andamento para determinar a segurança e efetividade destes medicamento para a Covid-19, existem efeitos colaterais conhecidos que devem ser considerados".

Esses efeitos incluem "problemas de ritmo cardíaco graves e potencialmente fatais, que foram relatados com o uso [de ambos os medicamentos] para o tratamento ou prevenção da Covid-19, os quais não são aprovados pelo FDA".

Na ocasião, o FDA emitiu uma autorização de uso emergencial que permitia que a cloroquina e a hidroxicloroquina fossem usadas temporariamente durante a pandemia "em circunstâncias limitadas, como para determinados pacientes hospitalizados com Covid-19".

7 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 7 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • A

    Anderson

    ± 1 horas

    Unbeliavable

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • R

      Rafael Triaquim

      ± 1 horas

      O Corona está a muito tempo a fim de fazer testes, por favor, querem o quê ? Esperar um ano para dizer que resolve? Concordo plenamente, é melhor um remédio sem comprovação que possa diminuir o efeito do que nada!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • J

        J.A.O

        ± 1 horas

        Estado do Tocantins através da secretaria estadual de saúde adotou protocolo que em parceria com as secretarias municipais de saúde estão fazendo uso do protocolo de HCQ + AZ nos primeiros estágios da doença. O resultado e visto pelos números apresentados até aqui. Inclusive tem um vídeo com depoimento do prefeito de Paraíso do Tocantins que também é medico, explicando a estratégia utilizada no combate a doença em seu município. Vhttps://www.facebook.com/watch/?v=2291285564513540

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • P

          Pablo

          ± 2 horas

          Sinceramente Gazeta do Povo.. que ***** de opinião mais tendenciosa de vocês !!!! Isso não é mais jornalismo, é uma carta ideológica! Fazem afirmações totalmente infundadas, como se já houvesse comprovação científica da ineficácia da hidroxicloroquina e cloroquina!!! Esquecem só de mencionar que todos esses estudos são relativos ao uso em fase terminal, que a Dra. Nise Yamaguchi já explicaram exaustivamente que não têm eficácia alguma nesta fase!!! O remédio serve nos primeiros sintomas, e, em dosagem adequada... Não em fase terminal e nem em dosagem altíssimo! Nojo do perfil atual da gazeta.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          1 Respostas
          • P

            Pablo

            ± 2 horas

            Dra Nise e outros... dosagem altíssima... Escrevem como se não existissem estudos científicos sedimentados que comprovem a eficácia do medicamento, todavia, em sentido contrário já estivesse totalmente comprovado! Expliquem então porque o ritmo de mortes na Prevent Senior diminuiu após a mudança de protocolo deles? São correntes contrárias, ambas com argumentos científicos sólidos.. Um jornalismo minimamente profissional teria o cuidado de não se precipitar em apoiar totalmente uma ou outra versão... A gazeta virou Blog do Esmael.. Impossível ler G1, UOL, Yahoo, Terra... gazeta indo para o mesmo caminho...

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

        • J

          J.A.O

          ± 2 horas

          O governo americano na figura de seu PR faz o que os EUA sempre fez de melhor. Tomar a dianteira nas batalhas difíceis cujo desfecho claramente será melhor para todos. Essa atitude encorajará milhares de médicos ainda temerosos por represálias a suas ações, o que resultará na reestruturação do sistema de saúde e preservará a vida de milhares de pessoas deixadas a própria sorte ate aqui por picuinha fomentada por uma grande rede de agentes contratados para promoverem a desinformação. O pior disso tudo é constatar que a maioria desses agentes estão infiltrados na ciência.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • C

            Clarisier Azevedo Cavalcante de Morais

            ± 3 horas

            Em Portugal, onde só estão usando em pacientes graves (nos quais inclusive o efeito benéfico é bem limitado), não se relatou UM ÚNICO CASO de efeitos colaterais: https://rr.sapo.pt/2020/05/15/pais/covid-19-portugal-sem-casos-de-reacoes-adversas-a-hidroxicloroquina/noticia/192997/

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            Fim dos comentários.