Vândalos causaram estragos no túmulo do padre espanhol Junípero Serra | /Twitter
Vândalos causaram estragos no túmulo do padre espanhol Junípero Serra| Foto: /Twitter

O túmulo do padre espanhol Junípero Serra, canonizado pelo papa Francisco na última quarta (23), foi parcialmente destruído por vândalos neste domingo (27) em Carmel, no Estado americano da Califórnia.

Papa exalta a família como núcleo da sociedade em encontro nos EUA

Francisco chamou de “tirania moderna” a falta de respeito às diferentes religiões e a tentativa de excluir as manifestações de fé na vida pública

Leia a matéria completa

O grupo de vândalos, que ainda não foi identificado, derrubou estátuas e atirou tinta contra o túmulo do novo santo e de outras pessoas do mesmo cemitério. Em uma pedra foi escrita a expressão “santo do genocídio”.

A mensagem faz referência ao fato de que o padre que levou o catolicismo à Califórnia no século 18 teria apoiado a morte de índios e a destruição de sua cultura quando a região ainda estava sob domínio espanhol.

Em comunicado, a missão católica de Carmel pediu a seus fiéis que rezem para que os autores “se responsabilizem por suas ações nesta propriedade sagrada e busquem a reconciliação”.

Devido ao ataque, foram suspensas as cerimônias previstas para o domingo para celebrar a canonização de Serra. Em vez da missa, voluntários ajudaram a limpar tumbas profanadas e a levantar as estátuas derrubadas.

A porta-voz da polícia do condado, Esther Partido, informou que o crime está sendo investigado, mas que ninguém ainda foi preso. A principal hipótese é de crime de ódio, já que foram vandalizados apenas túmulos de europeus.

“Era uma coisa que muito esperávamos por causa da canonização. Há muita polêmica sobre a forma como o padre tratou os nativos americanos no período em que esteve aqui”, disse Partido.

Na cerimônia de quarta, em Washington, Francisco chamou o padre Junípero Serra de “o evangelizador do oeste americano”. Ele é o primeiro santo canonizado em território americano, apesar das críticas de alguns grupos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]