i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Redes sociais

Twitter suspende conta ligada ao líder supremo do Irã após suposta ameaça a Trump

    • Estadão Conteúdo e Gazeta do Povo
    • 22/01/2021 17:41
    O líder supremo do Irã, aiatolá Khamenei, discursa à nação no 43o aniversário da revolta em Qom que deu início à Revolução Iraniana, 8 de janeiro
    O líder supremo do Irã, aiatolá Khamenei, discursa à nação no 43o aniversário da revolta em Qom que deu início à Revolução Iraniana, 8 de janeiro| Foto: KHAMENEI.IR / AFP

    O Twitter suspendeu uma conta ligada ao líder supremo do Irã, Ali Khamenei, nesta sexta-feira, 22, após uma publicação que trazia a imagem de um jogador de golfe semelhante ao ex-presidente Donald Trump aparentemente sendo alvejado por um drone. A postagem também tinha uma promessa de vingar a morte de Qassin Soleimani, importante general iraniano morto em um ataque de drone dos EUA em janeiro de 2020. Outras contas do líder iraniano permanecem na plataforma, incluindo o seu perfil principal.

    "A vingança é inevitável. O assassino de Soleimani e o homem que deu as ordens devem enfrentar a vingança. A vingança pode acontecer a qualquer momento", dizia o texto publicano na noite de quinta-feira no perfil @khamenei_site.

    Um porta-voz do Twitter disse à Associated Press que o tuíte violou a política sobre "comportamento abusivo" da empresa e que o perfil violou sua "política de manipulação e spam, especificamente a criação de contas falsas", sem dar mais detalhes. Na semana passada, uma publicação sobre vacinas da Covid-19 desse perfil foi excluída pela plataforma.

    A rede social já negou pedidos de Israel para excluir o perfil principal de Khamenei, que, segundo os israelenses, é usado frequentemente para pedir a destruição do Estado de Israel. O Twitter disse no ano passado que esses tuítes não violam as políticas da empresa, segundo o Times of Israel.

    Em janeiro de 2020, um soldado da força aérea americana matou o general iraniano Qassim Soleimani, responsável pela Guarda Revolucionária do Irã. Ele foi morto em um bombardeio no aeroporto de Bagdá. Um dos militares mais poderosos do Irã, ele era considerado terrorista pelos Estados Unidos e Israel e era vice-comandante da Força Quds, responsável pelas operações estrangeiras do país asiático.

    Em 8 de janeiro, o Twitter suspendeu permanentemente a conta de Trump, que reagiu afirmando que a empresa "conspira para silenciá-lo" e prometeu criar uma nova rede social. A rede social afirmou que as mensagens do republicano poderiam aumentar o risco de violência.

    2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 2 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

    • R

      RADAMES MANOSSO

      ± 0 minutos

      O Twitter está metendo os pés pelas mãos. Parece que estão sentindo o bafo da opinião pública no cangote. Não me surpreenderei se os acionistas da empresa afastarem o fundador do comando da empresa. Quando o Parler voltar à ativa será uma debandada da plataforma.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • F

        Fernando Cavalcante

        ± 2 horas

        Nice try, mas não vai adiantar. Fora Twitter. Bem vindo, Signal!

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.