Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O custo da violência em todo o mundo atingiu o recorde de US$ 14,3 trilhões em 2014, equivalente às economias combinadas de Brasil, Canadá, França, Alemanha, Espanha e Reino Unido, segundo o Índice Global da Paz 2015, relatório divulgado ontem pelo Instituto para Economia e a Paz (IEP), com sede na Austrália.

O fosso entre as regiões mais e menos pacíficas se aprofundou e a violência aumentou em países do Oriente Médio e da África. A Síria foi classificada como a nação menos pacífica no mundo, enquanto a Líbia teve a deterioração mais aguda. A Islândia continua a ser o país mais pacífico. O Brasil aparece na 103ª posição entre os 162 países do ranking.

“O (custo) está amplamente associado ao aumento das mortes em conflitos, às consequências econômicas dos conflitos nos países onde estão ocorrendo e também ao aumento do custo associado às pessoas deslocadas”, disse o fundador do IEP, Steve Killelea.

O custo da ajuda aos refugiados e pessoas deslocadas internamente nos países aumentou 267% desde 2008, para US$ 128 bilhões. Mas o maior impacto nos custos veio das despesas relacionadas com militares e forças policiais e as ações para lidar com os homicídios, representando mais de 68% do total, segundo o estudo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]