i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Artigo

A “janela” para homens que fazem sexo com homens doarem sangue não é preconceito, é ciência

  • PorRaphael Câmara Medeiros Parente e Francisco Eduardo Cardoso Alves
  • 10/03/2020 11:47
A regra atual exige um tempo mínimo de 12 meses sem relações sexuais entre homens para se permitir a doação.
A regra atual exige um tempo mínimo de 12 meses sem relações sexuais entre homens para se permitir a doação.| Foto: Pixabay

No próximo dia 11, deve ser retomado, no Supremo Tribunal Federal, um julgamento sobre a doação de sangue por parte de homens que fazem sexo com homens (HSHs). A ADI 5543 foi protocolada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e o placar estava em 4 a 0 pela liberação quando, em 2017, o ministro Gilmar Mendes pediu vistas.

No Brasil, a regra atual exige um tempo mínimo de 12 meses sem relações sexuais entre homens para se permitir a doação. Esta exigência não é uma jabuticaba brasileira, muito menos fruto de preconceito ou ignorância, como afirma a ADI. Ela tem relação direta com a diferença na frequência de doenças sexualmente transmissíveis entre a população geral e a população de HSHs – algo comprovado cientificamente, e não fruto de algum tipo de discriminação.

A frequência de sorologia positiva, por exemplo, é menor que 0,1% para as hepatites B e C e inferior a 0,05% para o HIV na população geral, enquanto que a prevalência do HIV nos HSHs é de cerca de 15%, sendo que apenas metade deles sabe de sua condição sorológica, segundo diversas pesquisas e levantamentos feitos nos últimos anos. Ou seja, uma incidência superior em mais de 300 vezes à frequência encontrada entre os doadores de sangue. Em grupos transgêneros, a frequência pode chegar a 65%, 1,3 mil vezes superior à frequência encontrada entre os doadores de sangue. Isto não é preconceito, é epidemiologia.

Ora, a própria OMS recomenda regras diferentes para doação de sangue por HSHs. Segundo seus próprios dados, essa população tem 19,3 vezes mais chances de ser acometida por HIV que homens heterossexuais. Os ativistas agora vão negar a OMS, que eles tanto louvam em diversas outras situações por seu viés claramente “progressista”? Voltando aos números, o sexo anal receptivo, segundo o site do Ministério da Saúde, tem 138 chances em 10 mil exposições ao HIV de provocar a infecção. Já o sexo anal insertivo tem 11 em 10 mil. Em outras palavras, o sexo anal passivo tem um risco enorme de infecção. Já o sexo pênis-vagina receptivo tem 8 chances em 10 mil e o sexo pênis-vagina insertivo tem 4 chances em 10 mil. Já o sexo vagina-vagina tem taxas de infecção ínfimas, o que justifica a ausência de regras impeditivas de doação de sangue para o grupo de mulheres que fazem sexo com mulheres.

Outros dados importantes para a tomada de decisão são os que mostram que as taxas de infecção continuam muito mais altas no grupo de homossexuais homens. Embora os heterossexuais englobem cerca de 90% da população, os estudos mostram, por exemplo, que de janeiro a junho de 2016 a taxa de casos novos de HIV englobou 36,7% de heterossexuais e 59,5% de homossexuais homens e bissexuais. Dados do Ministério da Saúde de 2015 a 2018 mostram que casos novos passaram de 11.579 para 14.596 dentre homossexuais masculinos e de 8.202 para 9.599 dentre heterossexuais. Os números são gritantes e saltam aos olhos.

Mas por que defendemos que o STF não se envolva nesta discussão, que deve ser feita somente por critérios técnicos e não pelo Judiciário? O motivo principal é que, por causa de ideologias, nós iremos colocar em grande risco a população que necessita de sangue no país. Como é sabido, todo teste diagnóstico, por melhor que seja, sempre estará sujeito a falhas, pois ele tem uma taxa de falsos negativos que depende da eficácia de sua metodologia e da prevalência do risco na população testada. Quanto maior o risco, maior a chance de ocorrer uma falha. Quanto maior a quantidade de pessoas portadoras de DSTs (em especial o HIV) doando sangue, em especial as que não são cientes de seu status sorológico, maior o risco de passar uma bolsa contaminada como falso negativo.

E esse é outro risco que corremos. Com a liberação ideológica em curso no STF, poderá haver um estímulo para que pessoas que se colocaram em situação de risco procurem a doação de sangue de forma a descobrirem se foram contaminadas ou não. E aqui está o pior dos perigos, pois essa pessoa poderá ter sido contaminada, mas ainda estará em período de janela imunológica – quando a pessoa está infectada e tem o vírus em seu corpo, mas ainda não desenvolveu anticorpos passíveis de detecção pelos testes usados nos laboratórios, um problema ainda insolúvel. O desenvolvimento da ciência já aumentou em muito a eficácia dos testes. Os primeiros kits tinham uma janela imunológica de cerca de 60 dias. Atualmente, com a tecnologia NAT, chega-se a cerca de 12 dias. Este sangue contaminado, caso transfundido em alguém, com o apoio do STF, irá provocar infecção por HIV em um paciente inocente.

Por mais que confiemos nos laboratórios brasileiros, é sempre importante lembrar que nossos laboratórios não são os europeus. Enquanto estudos de países desenvolvidos mostram taxas de erros laboratoriais menores que uma por milhão com o uso da tecnologia NAT, no Brasil, segundo um infectologista da UFMG, no ano de 2017 tivemos no máximo dez casos de infecção por transfusão num universo de 40 mil pacientes. É algo substancialmente maior. Nós não temos evidências científicas de que diminuir o tempo de proibição de sexo entre homens para um período menor que 12 meses não aumente o risco de contaminação. Os países que fizeram isso se basearam essencialmente em causas ideológicas para diminuir o que convencionaram chamar de “estigma” dessa população.

Um homem que frequentemente tem relações sexuais com outros homens estará sempre no período da janela imunológica. O período de 12 meses é um tempo seguro para incluir a janela imunológica, erros de laboratório e diversos outros fatores que podem interferir na detecção do vírus. Com o avanço da ciência, é provável que este tempo possa ser reduzido com segurança. Não é o caso agora. Por questões ideológicas, para reduzir o tal “estigma”, optou-se por abolir o termo “grupo de risco” e só se usar “comportamento de risco”. Mas fica difícil explicar como não chamar de “grupo de risco” uma população em que a prevalência do HIV pode chegar a 300 vezes a da população geral. Portanto, o argumento do comportamento de risco não resiste quando confrontado com os dados da ciência, que comprovam a existência de extremada diferença de prevalência de HIV em nichos específicos da população.

Na tentativa de tumultuar o debate, é frequente grupos ativistas fazerem uso de argumentos falaciosos. O mais comum é se mostrarem indignados porque mulheres que fazem sexo anal não são proibidas de doar sangue, ao contrário dos homens que realizam a mesma prática de sexo anal receptivo. A resposta para isso tem de ser dita sem medo da patrulha do politicamente correto. O fato é que, de forma geral, o homem que realiza a penetração em cada caso tem uma chance completamente diferente de já ser infectado pelo HIV. O homem heterossexual, epidemiologicamente, tem uma chance muito menor de ser infectado. Isso se traduz, portanto, no risco muito menor de infectar a mulher. Isso é matemática, é evidência científica. Mesmo assim, grande parte das mulheres é infectada por homens que tiveram relações homossexuais.

Em diversos países desenvolvidos do mundo nem sequer se permite a doação – em nenhum momento da vida – para homens que já tenham feito sexo com homens. É o caso, por exemplo, de Alemanha, Áustria, Croácia, China e muitos outros. Países que seguem a mesma regra do Brasil (12 meses sem relações sexuais entre homens) incluem Estados Unidos, Holanda e Austrália. Tempo menor, como três a quatro meses, é exigido na França e na Inglaterra, por exemplo. Não há praticamente nenhum país desenvolvido que não estipule um tempo mínimo sem relações sexuais para a doação de sangue por este grupo. Como no atual momento político polarizado do país, ainda mais quando se trata de pautas das chamadas minorias, sempre se tenta levar tudo para a dicotomia direita x esquerda, é importante lembrar que as portarias que ditam este tempo mínimo de 12 meses são dos tempos dos governos do PT.

Aliás, estas regras diferenciadas, diferentemente do que os grupos ativistas querem fazer parecer, não são apenas para homens que fazem sexo com homens, mas também para diversas outras situações de risco aumentado, tais como sexo com desconhecidos, estupro, prostituição, cirurgias e tatuagens, dentre outras. São regras apoiadas por todos os órgãos técnicos, como a Anvisa, o Ministério da Saúde, a OMS e a Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia.

O desejo dos ativistas é que qualquer proibição seja baseada somente em dados das entrevistas baseadas no comportamento recente. E aqui se entra numa seara perigosa, que é o da confusão proposital de dados científicos e a tentativa de caracterizar qualquer um que mostre dados contrários como homofóbico, ameaçando inclusive com prisão após a decisão recente do STF que criminalizou a homofobia. Esta tentativa de intimidação ocorreu até mesmo com um dos autores deste artigo, quando, em audiência pública na Câmara dos Deputados, foi ameaçado de prisão por uma deputada do PSol somente por ter questionado os valores de cirurgias de redesignação sexual para transgêneros realizadas pelo SUS.

É importante que os órgãos oficiais de saúde, como a Anvisa e o Ministério da Saúde, se manifestem de forma incisiva e técnica nestes dias para que a mensagem chegue aos ministros do STF, assim como esperamos que o CFM também se manifeste, principalmente após ter feito uma resolução na gestão passada liberando hormônios para menores de 18 anos que se dizem transgêneros, mesmo sem evidências científicas atestando a segurança disso. Não é razoável que uma questão científica tão grave e que pode colocar em risco a população que precisa de sangue seja decidida por leigos ao arrepio das evidências científicas. Embora o atual Ministério da Saúde seja de um governo dito conservador, suas posturas vêm sendo mais próximas das dos governos “progressistas” anteriores. Esta afirmação pode ser constatada pelos cargos técnicos, que continuam em grande parte alocados por pessoal “progressista”, e tem sua comprovação máxima na manutenção da portaria do aborto de 2005, e que na prática libera o aborto no Brasil. É fundamental a sua revogação por um governo que se elegeu dizendo ser contra o aborto.

Da mesma forma, é necessária uma atuação firme do Ministério da Saúde no convencimento dos juízes do STF e da população para que o placar de 4 a 0 a favor da liberação total da doação de sangue por homens que fazem sexo com homens seja revertido em prol da segurança da população. Mesmo com todas as dificuldades, há muitos anos o Brasil não tem casos de transmissão de HIV por transfusão de sangue. Se o STF se intrometer na ciência e violar uma regra de segurança sanitária, obrigando os postos de saúde a aceitar doação de sangue de populações de HSHs, perderemos a barreira da baixa prevalência pré-teste e então a pergunta não será se um dia voltaremos a ter transmissões de HIV por transfusões de sangue, e sim quantas teremos por ano. Quando esses casos chegarem à Justiça, em quem o Poder Judiciário vai colocar a culpa?

Raphael Câmara Medeiros Parente, doutor em Ciências, mestre em Epidemiologia e médico do departamento de Ginecologia da UFRJ, é membro do Conselho Federal do Conselho Federal de Medicina. Francisco Eduardo Cardoso Alves, médico infectologista, é médico assistente do Instituto de Infectologia Emilio Ribas (SES/SP) e delegado do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp).

42 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 42 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    Carlos Eduardo

    ± 0 minutos

    O STF atendeu à militância gay, via PSB.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jorge Dias

    ± 57 dias

    Interessante que a militância gay não veio apurrinhar aqui nos cometarios.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOAO CARLOS JOLY ASSUMPCAO

    ± 61 dias

    Problema é que os grupos de esquerda que incentivam a ideologia de gênero, não entendem de ciência. Fatos são fatos e ponto final. Cada um faça o que quiser com o que é seu, e façam as suas escolhas, mas não envolvam os outros em riscos, e assumam as consequências.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • R

      Rubens Farias

      ± 61 dias

      O problema é que essa turma de re tar da dos da esquerda ganha tudo no grito na câmara e no Senado, ai passa umnlei estupida e os bancos de sangue vão ficar todos infectados de doenças sexualmente transmissíveis inclusive a AIDS.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Juarez Waltrick Kohler

    ± 61 dias

    Solução super simples: parem de fazer sexo com outros homens.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    THIAGO

    ± 61 dias

    DAQUI A POUCO O STF VAI JUGAR QUE TODOS DEVEM DAR A BUNDA, QUEM NÃO DER É PRECONCEITUOSO

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Acuda Doido

    ± 61 dias

    Qualquer pessoa de qi 75 entende o que é risco.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paul Gachet

    ± 61 dias

    Independente da técnica, da ciência ou do especialista, e, levando-se em conta as informações, estudos e dados estatísticos não cabe à Justiça discutir e legislar sobre esse assunto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • ± 60 dias

      É exatamente este o ponto. É uma questão técnica. Não é jurídica

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alex Fox

    ± 61 dias

    Se os homossexuais querem o direito de doar sangue, eu quero ter o direito de recusar sangue desse grupo. Caso eu precise receber transfusão de sangue quero ter a opção de não receber sangue doado por homem que tenha tido relação homossexual nos últimos 12 meses. Cada um com seus direitos ué... eles querem doar, eu meus familiares não queremos receber deles, deixa o sangue deles pra quem não liga...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rodrigo Toni

    ± 61 dias

    A que ponto chegou o progressismo político... A ideologia prevalecer sobre a ciência é de cair o @$# da bunda. Condenar pessoas inocentes por causa da "inclusão". Isso é cúmulo da perversão. É nefasto. Se tal loucura prevalecer, moralmente falando não seria diferente dos genocídios promovidos por ideologia e racismo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • T

      THIAGO

      ± 61 dias

      ai colocam o tiririca para legislar sobre isso ... iss que o tiririca é culto perto da petezada lá dentro

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      Carlo

      ± 61 dias

      Infelizmente vemos isso todos os dias, onde a palavra de políticos e "gurus" se tornam mais relevante do que a de centenas de pesquisadores da área.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alex

    ± 61 dias

    A orientação básica deveria ser o critério adotado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) atualmente. O resto é discussão ideológica que nunca deveria preponderar sob dados científicos. Basta observar o partido que moveu a ação e o argumento que utilizam para mover a ADI. O STF deveria ouvir médicos para embasar sua decisão, mas se acham Supremos Deuses

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos Eduardo

    ± 61 dias

    Colocar a vida da população em risco em prol de uma ideologia. O STF faz ativismo judicial, e certamente deve achar que é preconceito tirar o "direito" da população proporcionalmente mais afetada com HIV de doar sangue.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RoCS

    ± 62 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      Carlo

      ± 61 dias

      Assim como a maioria dos homens solteiros. Se não fosse verdade, não teríamos tantas mães solteiras.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Lore C . Valent

    ± 62 dias

    Já disse isso e repito: com um stf desses, o Brasil não precisa de inimigos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Henrique

    ± 62 dias

    Excelente artigo! A ideologia entra por uma porta, o Direito sai pela outra. Notem que a estupidez ideológica aqui é a mesma do caso do "abraço do Drauzio", ou seja, no afã de defender uma pauta ideológica atropelam o que estiver no caminho. No caso do médico e o travesti, a Globo tentou transformar um pervertido, pedófilo e homicida cruel em vítima de "transfobia" da sociedade, escamoteando a dor da família da vítima. No caso dessa ação acena-se com algo ainda mais sinistro: O STF VEM DEMONSTRANDO DISPOSIÇÃO P/ SACRIFICAR INÚMERAS VIDAS HUMANAS POR PURA IDEOLOGIA! É preciso mobilizar a imprensa que sobrou e a sociedade para reverter esse absurdo que se desenha na alta Corte.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      Carlo

      ± 61 dias

      Comentário mais consistente e resumido que vi sobre o caso do Dr Drauzio.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Wander Leite

    ± 62 dias

    Torcemos que sejam observados os dados técnico-científicos, por questão de saúde pública.... Alemanha, Áustria etc. são exemplos a serem seguidos. O Brasil precisa voltar aos trilhos nas questões técnico-científicas e parar de legislar para "modinhas".

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Julio Cesar

    ± 62 dias

    A grande maioria da galerinha colorida tem HIV ou outra doenças transmissíveis , só falta aprovar uma lei que e obrigatório aceitar sangue com HIV ..... Se não e homofobia , aracnofobia , taxista etc...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • J

      Julio Cesar

      ± 61 dias

      Bando de ****** , agora virou roleta russa do AIDS !!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      Carlo

      ± 61 dias

      O percentual está em torno de 10%, está na reportagem. Longe de ser "grande maioria".

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • J

      Jacksonn Frank

      ± 62 dias

      Qual o percentual?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MORALES

    ± 62 dias

    Gazeta nos surpreendendo com esse artigo fantástico. Uma ilha no jornalismo brasileiro. Parabéns!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jacksonn Frank

    ± 62 dias

    Homens que transam com homens (muito hétero casado aqui incluído), sabem que o risco é maior de contrair vírus se faz sexo sem camisinha. Neste caso é de bom senso nem pensar em doar. Homens que tem relacionamento monogâmico com outros homens, deixem pra lá essa batalha, não querem essa ajuda e acho desperdício de energia brigar por isso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    5 Respostas
    • C

      Carlo

      ± 61 dias

      Aos "inteligentões": homossexual é uma designação para relacionamento afetivo, na medicina usa-se o termo HSH para incluir aquelas que transam eventualmente com homens mas não assumem atração constante e/ou afetiva (e há muitos, mas muitos mesmo).

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      Carlos Eduardo

      ± 61 dias

      O partido esquerdista que ingressou com essa ação não está preocupado com a consciência de riscos desse tipo de comportamento. Quer tornar a doação de sangue dos homossexuais que são promíscuos um ato político, de afirmação de identidade de grupo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      RoCS

      ± 62 dias

      Que burrão. Transou com outro homem, ativo ou passivo, dentro ou fora do armário.... é homossexual... Que falta de percepção!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • J

      Jacksonn Frank

      ± 62 dias

      BS.: Você conta ou eu conto pra eles?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • S

      S.

      ± 62 dias

      Se transa com outro homem e é casado não é hetero... só está no armário.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    mezz

    ± 62 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Thomas

    ± 62 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      Carlo

      ± 61 dias

      "Os homens comumente fogem do casamento, mas alguns deles fazem questão de casar entre si só para contrariar." Comentário mais estúpido que li até agora.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Lourdes Dantas

    ± 62 dias

    O Brasil, com essa esquerda e esse STF, não é pra amadores. Socorro!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    FABRICIO

    ± 62 dias

    A esquerda e os mimizentos acham que podem mudar a ciência.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 62 dias

    Como farmacêutico e profissional de saúde, corroboro totalmente o que os nobres articulistas nos trouxeram. É novamente a esquerdopatia se envolvendo em todas as esferas do conhecimento com resultados desastrosos. Dias desses, li um artigo de médicos dinarmaqueses alertando sobre a disparada do câncer retal em homosexuais, sem falar do condiloma acuminado que até mesmo na minha vivência profissional percebo o aumento significativo. Parabéns a Gazeta do Povo pelo alerta.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • C

      Carlo

      ± 61 dias

      Wander Leite: do mesmo jeito que você e seus familiares que não fazem dieta, exercícios físicos e/ou consomem álcool. E todos pagamos por isso. Péssima colocação.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • W

      Wander Leite

      ± 62 dias

      Se contar que depois estarão lotando hospitais pelas doenças e lesões contraídas pelo uso "não natural" da sexualidade.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alex Fox

    ± 62 dias

    Esse tipo de artigo, só na Gazeta do Povo. Parabéns!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.