i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
E ainda: Covid no BR e no mundo

Enquanto Lava Jato e PGR duelam no STF, inquérito contra Maia “faz aniversário” na gaveta de Aras

  • [04/08/2020] [07:00]
Rodrigo Maia
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em coletiva de imprensa..| Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

Para começar esse resumo de notícias. Nesta segunda-feira (3), após o fim do recesso judiciário, o relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, revogou a liminar do presidente da Corte, Dias Toffoli, que obrigava a operação a fornecer todos as informações das forças-tarefa à Procuradoria-Geral da República (PGR).

Vitória? O problema é que o banco de dados já tinha começado a ser copiado. A decisão, contudo, tem efeito retroativo, o que impede que a PGR de usar as informações. Como a liminar de Fachin é monocrática, caso o procurador-geral Augusto Aras queira reverter a medida, ele precisa recorrer para tentar levar o caso à 2ª turma do STF (que Fachin faz parte) ou ao plenário do STF.

Enquanto isso... Muitos “figurões” vêm acompanhando de perto a queda de braço entre as forças-tarefa da Lava Jato e a PGR, que tem ministros do STF pró e contra a Lava Jato. Alguns políticos, inclusive, aproveitaram o embalo para reforçar as críticas feitas por Aras à operação.

É o caso de Rodrigo Maia. O presidente da Câmara dos Deputados engrossou o coro contra os procuradores e concordou com Aras. Porém, Rodrigo Maia tem um inquérito da própria Lava Jato contra ele. A decisão de denunciá-lo (ou não) cabe justamente a Augusto Aras, que está no cargo desde setembro passado. De Brasília, a correspondente Kelli Kadanus apresenta detalhes do processo da Lava Jato contra o presidente da Câmara que está na gaveta do Procuradoria-Geral da República desde agosto de 2019.

Utilidade pública

Coronavírus no Brasil. Em 24 horas, foram registrados 16.641 casos e 561 mortes por Covid-19. Segundo o último boletim do Ministério da Saúde, são 2.750.318 diagnósticos, 94.665 óbitos e  1.912.319 recuperados. No Paraná, Rosana Felix mostra como a chegada de quase 6 mil oxímetros aos municípios podem ajudar em diagnósticos. Outra notícia sobre o coronavírus no Brasil vem do STF. O ministro Gilmar Mendes suspendeu um veto do presidente Jair Bolsonaro que desobrigava o uso de máscara em penitenciárias.

Pelo mundo. Em outros países, algumas novidades sobre a pandemia. No Reino Unido, o primeiro-ministro Boris Johnson admitiu impor lockdown entre cidades para evitar uma nova disseminação do coronavírus no inverno. A Argentina está com a quarentena estendida e a Alemanha fornecerá testes gratuitos. Já o Irã pode ter três vezes mais mortes do que o divulgado oficialmente.

Estudos. Editora de Saúde da Gazeta do Povo, Amanda Milléo traz informações de novas pesquisas sobre o coronavírus. Um estudo pode ajudar a prever quem terá casos graves após o diagnóstico de Covid-19. Pelo mundo, durante a pandemia houve redução de partos prematuros, mas não no Brasil. Outra pesquisa mostra que as lesões da Covid-19 podem atrapalhar o diagnóstico de câncer.

Minuto coronavírus

Política e economia: além de Rodrigo Maia, Lava Jato e PGR

Auxílio emergencial e FGTS. Como a Gazeta do Povo antecipou na última semana, o Ministério da Economia avalia estender o auxílio emergencial de R$ 600 até dezembro. A dúvida é sobre o valor e depende de negociação com o Congresso. Por falar no Parlamento, a medida provisória que autorizou saque extraordinário de R$ 1.045 do FGTS pode caducar se não for aprovada nesta terça (4) na Câmara. Fernanda Trisotto explica as mudanças do Senado que ampliaram a autorização de saques do FGTS e que podem ter efeito contrário: impedir milhões de sacarem o valor autorizado pelo Executivo.

Educação. Em entrevista à Gazeta do Povo, asecretária de Educação Básica do Ministério da Educação, Ilona Becskeházy, comenta o Fundeb e os imbróglios herdados de gestões passadas do MEC, como a do ex-ministro Fernando Haddad (PT). Leia a entrevista feita pela correspondente Isabelle Barone, de Brasília. E já que o tema é educação, São Paulo anunciou que implementará um novo currículo para Ensino Médio com 12 opções de cursos. Será o primeiro estado a adotar a mudança da Lei do Novo Ensino Médio.

Giro pelo mundo. Editora de Mundo da Gazeta do Povo, Isabella Mayer explica em que pé está a reforma judicial da Argentina e como ela pode beneficiar Cristina Kirchner. Na Venezuela, a oposição a Nicolás Maduro anunciou: não participará das eleições convocadas pelo ditador. Nos EUA, Donald Trump quer que a Microsoft confirme a compra do TikTok para não bloquear o aplicativo chinês e afirmou que busca aprovar um pacote fiscal que una republicanos e democratas. Na Ásia, a China concluiu seu próprio sistema de navegação por satélite.

O que mais você precisa saber hoje

Podcast 15 Minutos

Colunas e artigos

Debates pandêmicos. Em vídeo, a jornalista Cristina Graeml pondera:  o pico da pandemia passou, segundo registros de óbitos em cartórios. Por falar em pandemia, o cronista e jornalista Paulo Polzonoffdestaca o caso de uma jovem assassinada pela histeria pandêmica em uma “dispersão de festa” por guardas municipais no interior paulista. Em artigo, o general Joaquim Silva e Luna, diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, escreve: Vem aí um novo turista, com mais medo e mais exigente.

Debates atuais. O liberal Matt Ridley, nos anos 1980, foi um “ecopessimista”. Com o tempo, ele percebeu inclusive que a energia nuclear é segura e de baixo impacto. Em artigo publicado com exclusividade pela Gazeta do Povo no Brasil, Ridley mostra por que você também precisa deixar de lado o ecopessimismo. Em outro debate, este sobre ideologia de gênero, a Amazon proibiu um livro que denuncia uma epidemia transgênero entre as adolescentes; leia no texto de Gabriel de Arruda Castro sobre o que trata o livro Danos Irreversíveis.

Nossa visão

Aras contra Lava Jato. Procurador Geral da República (PGR), Augusto Aras demonstrou de maneira incontestável sua intenção de acabar com a força-tarefa responsável pela maior investigação de crimes de corrupção da história. Numa conferência online da qual participavam advogados de investigados pela Lava Jato, o PGR afirmou que era hora de “corrigir rumos” para que o “lavajatismo” não perdure. Tema para editorial da Gazeta do Povo: A investida de Augusto Aras contra a Lava Jato; leia.

Sem nem ter ainda a posse de material acumulado ao longo de seis anos, já se pode falar com propriedade de “caixa de segredos”, “chantagem” e “extorsão”? O tom exaltado e a falta de conteúdo real nas afirmações proferidas pela autoridade mais alta do MPF confirmam mais uma indisposição prévia do que uma avaliação responsável de eventuais problemas nas investigações. Para quem não quer, qualquer desculpa serve.

Para inspirar

Briga de irmãos. Quando crianças, irmãos brigam por tudo: lugar mais perto do pai no carro ou sofá, pelo controle remoto ou pelo melhor lugar à mesa. Como não levar essa situação tão a sério? A Equipe Sempre Família da Gazeta do Povo preparou cinco dicas de como resolver as brigas sem que você, como pai ou mãe, acabe esgotado(a).

Tenha uma ótima semana!

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]
Tudo sobre:

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • D

    Denis Sebascon

    ± 0 minutos

    O Rodrigo "Botafogo, Nhonho, roliço" Maia é um homem de sorte né?!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    PESS

    ± 37 minutos

    Aras é farinha do mesmo ****!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Michael

    ± 1 horas

    Brazil, o país dos grandes acordões nacionais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.