Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

O presidente do Senado Rodrigo Pacheco (PSD-MG) se reúne, nesta terça-feira (5) com líderes partidários para decidir pela instalação, ou não, da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias de corrupção no Ministério da Educação (MEC), a CPI do MEC.

Os senadores que propuseram a investigação apresentaram os requisitos legais para a formalização do colegiado, mas o presidente da Casa tem colocado outros fatores na balança para definir seu posicionamento.

Um dos elementos é uma possível interpretação da CPI como ferramenta de perseguição à atuação de evangélicos na política. As denúncias no MEC têm pastores como principais suspeitos - tanto os líderes religiosos que teriam conduzido os esquemas de corrupção quanto o ex-ministro, Milton Ribeiro, que é pastor e chegou a ser preso.

Economia - A alta no preço dos combustíveis está ameaçando uma das regras criadas no contexto do combate à corrupção: a Lei das Estatais, aprovada e sancionada em 2016, na gestão de Michel Temer.

Entidades e especialistas afirmam que, além de representar um retrocesso na governança dessas empresas, eventual mudança na lei ameaça a ambição do governo de ingressar na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), "clube" de boas práticas que reúne as nações mais desenvolvidas do mundo.

O objetivo declarado é assegurar uma maior "sinergia" entre as empresas e o governo. Mas, na prática, a ideia é fazer com que a diretoria da Petrobras obedeça às ordens do presidente Bolsonaro de não reajustar os combustíveis.

Eleições - A Câmara dos Deputados deve priorizar propostas do campo econômico no segundo semestre do ano – em especial projetos de Jair Bolsonaro (PL), como a PEC que reajusta para R$ 600 o Auxílio Brasil, aumenta o vale-gás e cria um voucher de R$ 1 mil mensais para os caminhoneiros. Já os projetos igualmente de interesse do governo mas de tramitação mais complexa, como as reformas tributária e administrativa, deverão ficar na gaveta.

Antes das eleições de outubro, as votações basicamente devem se concentrar até o dia 15 deste mês. Depois disso, o Congresso entra em recesso de meio de ano por duas semanas. Em agosto e setembro, quando os trabalhos deveriam ser retomados, as sessões de votações tendem a se resumir a duas: uma em cada mês. Isso porque os parlamentares vão se dedicar às suas campanhas de reeleição.

Caixa - A nova presidente da Caixa, Daniella Marques, afirmou nesta segunda-feira (4) que todos os funcionários do gabinete do ex-presidente, Pedro Guimarães, foram afastados de suas funções. Segundo ela, a medida foi necessária para que sejam investigados possíveis envolvimentos com os casos de assédio sexual relatados por funcionárias do banco.

Em entrevista, a executiva garantiu que todos os casos denunciados serão apurados com rigor e independência. Daniella Marques vai assumir a função oficialmente durante cerimônia no Palácio do Planalto nesta terça-feira (5).

Férias - Em Família e Bem-Estar duas dicas mega práticas do Bom Gourmet para salvar o seu dia com lanches rápidos para as crianças nas férias. São preparos que contam com a ajuda de um utensílio que virou indispensável pra todo mundo: a fritadeira elétrica. Confira!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]