Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Todo mundo em pânico: terror pelo medo de energia barata. E a vitimização de um assassino
| Foto: Bigstock

Bom dia!

Para começar. Um filme de terror econômico vinha sendo escrito na última semana, por conta do avanço do coronavírus. Nesta segunda-feira (9), o roteiro virou realidade. O enredo ganhou como cenário uma guerra comercial entre Rússia e Arábia Saudita que derrubou os preços do petróleo.

Os árabes queriam segurar a queda de preços do óleo. Faltou combinar com os russos, que preferiram não interferir. O reino saudita retaliou e reduziu os preços artificialmente. Resultado: dia de caos no mundo e no Brasil, com 12% de baixa na bolsa e estouro do dólar. Até que ponto isso afeta seu bolso? Giulia Fontes explica: Como a guerra de preços do petróleo afeta o consumidor, a Petrobras e o governo

A vitimização de um assassino. O médico Drauzio Varella já prestou ótimos serviços à sociedade. Na semana passada, uma reportagem dele com Suzy, uma transexual presa que não recebia visitas há anos, parecia mostrar uma vítima do sistema prisional. Contudo, Suzy não é vítima: abusou e assassinou uma criança com requintes de crueldade.

Leia no artigo de Paulo Polzonoff por que você não deve sentir culpa pela pena imposta ao algoz de um menino de 9 anos e a nota de esclarecimento do Dr. Drauzio. Aproveite para ver também na coluna de Madeleine Lacsko por que o episódio deve servir para repensarmos nossa postura e no texto Renan Santos mais sobre as narrativas de Suzy e o bom senso em tempos de “cancelamento” e lacração.

O mais importante de ontem no Brasil

Direto de Brasília, nossos jornalistas escrevem:

Nossa visão

Bolsonaro na Flórida. O novo editorial da Gazeta do Povo comenta a nova ida do presidente da República aos Estados Unidos. Trump mostrou disposição para aprofundar os laços comerciais, confira aqui o editorial.

Se as intenções demonstradas no jantar de Trump e Bolsonaro forem concretizadas, o caminho para produtos brasileiros no mercado internacional – não apenas o norte-americano – estará facilitado.

Mais sobre os mercados. Editor da Gazeta do Povo, Guido Orgis mostra que o dia bizarro no mundo econômico teve choque ao contrário, cidades sitiadas e o Banco Central colocado contra as cordas. Foi a pior queda na bolsa brasileira desde 1998. O artigo revela: agora estamos falando sobre uma incerteza maior, confira.

Até sexta-feira (6), o risco financeiro não estava no centro do debate econômico. Os setores mais afetados até então, como turismo e aviação, vão causar problemas, mas não têm a mesma envergadura que o de petróleo. Há muito mais gente exposta ao preço do óleo e isso explica a reação desta segunda.

Mundo

Guerra do petróleo. Se você ainda não entendeu o que desencadeou a nova guerra de preços do petróleo, esta é sua chance. As editoras Isabella Mayer e Giulia Fontes explicam em detalhes: o que está por trás da crise que envolve além do reino saudita, Rússia e Estados Unidos.

Coronavírus. A Organização Mundial da Saúde confirmou o risco real de uma pandemia, mas que poderia ser controlada. Por hora, há reações em todo o planeta: aulas suspensas e detentos liberados.

Números. casos registrados em mais de cem países.O Brasil confirmou, até o momento, 25 casos e 930 suspeitas. A Itália, que restringiu circulação de pessoas em todo o país, tem quase 10 mil infectados e 463 vítimas fatais. No Reino Unido, quatro mortes foram confirmadas. A boa notícia veio justamente do epicentro do vírus: a China teve menor número diário de infecções por coronavírus desde o início da crise.

Para inspirar

Mulheres inspiradoras. Ainda no embalo do Dia Internacional da Mulher, celebrado domingo (8), a Equipe Sempre Família apresenta 11 histórias inspiradoras protagonizadas por mulheres, confira essa seleção.

Tenha uma ótima semana!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]