Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Como militares, governo e aliados avaliam as respostas do TSE sobre a segurança das urnas eletrônicas
Novas sugestões para votação eletrônica não foram acatadas pelo TSE.| Foto: Divulgação/TRE-PR

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta segunda-feira (9) novas recomendações e observações das Forças Armadas sobre o sistema eletrônico de votação. As sugestões foram apresentadas pelo Ministério da Defesa no último dia 22 de março, assim como as respostas da área técnica do tribunal a cada uma das sugestões. Nenhuma delas foi acolhida, mas foi feita a ressalva de que algumas poderão ser incorporadas futuramente. Saiba quais foram essas sugestões e o que disse o TSE.

Quiz dos líderes mundiais. Quem você acha que são os melhores líderes globais da atualidade? E os piores? Queremos saber a sua opinião. Vote agora no nosso quiz.

Política, Economia e Utilidade pública

Diesel mais caro. Tem mais aumento no preço dos combustíveis. Após 60 dias sem novos reajustes, a Petrobras anunciou um aumento de 8,86% no preço do diesel nas distribuidoras a partir desta terça-feira (10). Saiba quanto deve ficar o preço para o consumidor.

Eleições 2022. Após o lançamento da pré-candidatura no sábado (7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) trabalha agora para ampliar o grupo político do seu entorno. E saiba como a questão ambiental deverá influenciar a disputa presidencial.

Giro pelo mundo. Vestidas de aias, ativistas pró-aborto invadiram uma missa no Dia das Mães em Los Angeles. Na Rússia, o discurso do presidente Vladimir Putin no Dia da Vitória indicou que a guerra na Ucrânia não avançou como ele esperava.

Opinião da Gazeta  

STF faz política tributária. Em liminar concedida na semana passada, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, suspendeu partes de três decretos do presidente Jair Bolsonaro que reduziam o IPI de uma série de produtos – de acordo com a decisão monocrática, aqueles itens que também forem fabricados na Zona Franca de Manaus não podem ter as alíquotas reduzidas. Veja um trecho da opinião da Gazeta:

O poder público pode, sim, fazer escolhas e incentivar determinadas atividades ou induzir o desenvolvimento de certas regiões; a Zona Franca de Manaus é resultado de uma escolha desse tipo, quando o governo optou por desenvolver uma área remota do país por meio da industrialização. Mas isso não significa que esta escolha tenha de amarrar perpetuamente as mãos do poder público, por exemplo impedindo-o de reduzir impostos no restante do país.

Leia o editorial na íntegra

O que mais você precisa saber hoje

Formação. “Patinho feio” da educação, ensino técnico pode dar mais chance de emprego a jovens

Economia. Guedes defende versão “mais enxuta” para destravar reforma tributária

Descoberta. Cepa da dengue mais disseminada é detectada, pela primeira vez, no Brasil

Perfil. Hayek além da economia

Colunas e artigos

A esquerda e o aborto. A Suprema Corte dos Estados Unidos está prestes a derrubar a decisão que permitiu o aborto no país em 1973. Mas, para a esquerda, isso criaria um cenário fascista. Em seu artigo, Ben Shapiro explica por que isso mexe tanto com os esquerdistas.

J.R. Guzzo reforça que o eleitor tem direito de votar em quem quiser.

Polzonoff diz que o STF perdeu a graça e pergunta: quem limpará a sujeira de tantas tortas na nossa cara?

Para inspirar

Levando a escola para casa. Com apenas seis anos de idade, Vitor fraturou a tíbia enquanto brincava e teria que ficar com a perna imobilizada por um mês. Triste por não poder ir para a escola, ganhou uma surpresa: a professora levou a sala de aula para a casa dele. Veja como foi. Tenha um bom dia e uma ótima semana!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]