i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Editorial

A greve dos caminhoneiros e a negação das leis da economia

  • PorGazeta do Povo
  • 31/01/2021 18:04
Paralisação em rodovia em 2018: caminhoneiros estão divididos em relação à greve convocada para 1.º de fevereiro de 2021.
Paralisação em rodovia em 2018: caminhoneiros estão divididos em relação à greve convocada para 1.º de fevereiro de 2021.| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em 2018, a categoria dos caminhoneiros conseguiu colocar o Brasil de joelhos em uma greve que durou quase duas semanas e que se caracterizou por uma série de atos no mínimo irresponsáveis e, no máximo, claramente antidemocráticos, como os bloqueios em rodovias, a pressão sobre os trabalhadores que não quiseram parar e o desabastecimento de itens básicos em muitas cidades brasileiras. No seu início, muitos brasileiros chegaram a apoiar o movimento – houve quem visse na greve o início de uma “revolta tributária” mais abrangente, como o economista Eduardo Giannetti da Fonseca. Mas, no fim, tudo não passava de uma série de demandas corporativistas, como uma intervenção para baixar o preço do diesel e a imposição de uma inconstitucional tabela com preços mínimos para o frete rodoviário.

Depois de maio de 2018, houve várias outras ameaças de novas greves, nunca concretizadas. E as divisões internas da categoria lançam uma série de incertezas sobre a paralisação prometida para esta segunda-feira. Há entidades e líderes dispostos a parar e que garantem a realização da greve, enquanto outros vêm dialogando com o governo federal e rejeitam a hipótese de cruzar os braços. Só mesmo neste 1.º de fevereiro saberemos se a mobilização fracassará completamente, se haverá protestos esparsos em alguns locais, ou se haverá um movimento consistente, igual ou maior que o de 2018.

O grande problema por trás de muitas das reivindicações dos caminhoneiros é a sua intenção de, basicamente, revogar a lei da oferta e da procura, buscar reservas de mercado e reviver distorções em preços

Ao menos desta vez a população não será enganada, ficando claro desde o início que os caminhoneiros estão apenas em busca da defesa dos próprios interesses – o que, per se, é algo legítimo; o que torna uma greve mais ou menos razoável é o teor das solicitações e os métodos empregados para fazer pressão. Quanto aos meios, aparentemente desta vez os defensores da greve prometem não bloquear rodovias como fizeram em 2018, embora Plínio Dias, presidente do Conselho Nacional dos Transportadores Rodoviários de Cargas (CNTRC), não descarte a possibilidade de desabastecimento, lançando antecipadamente a culpa sobre o governo federal, como se a paralisação não fosse uma decisão livre dos trabalhadores, que deveriam assumir as consequências de suas escolhas.

O grande problema por trás de muitas das reivindicações dos caminhoneiros é a sua intenção de, basicamente, revogar a lei da oferta e da procura, buscar reservas de mercado ao impedir a concorrência, e reviver distorções que já causaram muito dano ao país. Já vem sendo assim com a tabela do frete, que o STF insiste, por omissão, em manter viva apesar de afrontar explicitamente os textos constitucionais que tratam do livre mercado como fundamento da ordem econômica nacional. Há, ainda, caminhoneiros insatisfeitos com o marco legal da navegação de cabotagem, conhecido como “BR do Mar”. Plínio Dias também afirmou que, no caso do combustível, não bastaria uma redução pontual do diesel, pois o objetivo do movimento é derrubar a política da Petrobras, que se baseia na paridade com os preços internacionais. Essa política, é preciso lembrar, foi adotada para recuperar a empresa após a tragédia lulopetista, quando os preços dos combustíveis tinham sido artificialmente represados, causando prejuízos bilionários à Petrobras – além daqueles provocados pela corrupção desenfreada e por decisões de negócio desastrosas. A intervenção de Michel Temer em 2018 foi tão desastrada que levou o então presidente da Petrobras, Pedro Parente, a pedir demissão.

Em 2018, o então deputado federal e pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro apoiou o movimento, e teve como retribuição o apoio dos caminhoneiros; agora, tendo passado de pedra a vidraça, o presidente está na incômoda situação de ter de negociar com a categoria. Para apaziguar os ânimos, zerou os impostos de importação sobre pneus para veículos de carga e incluiu caminhoneiros como grupo prioritário na vacinação contra a Covid-19. Mas seu espaço de manobra está acabando. Bolsonaro retomou a retórica de um ano atrás, quando prometeu zerar os impostos federais sobre combustíveis se os governadores fizessem o mesmo com o ICMS – o que não vai ocorrer, até porque tais atos teriam consequências dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal; além disso, o peso dessa renúncia para os estados seria muito maior que para a União, o que torna o desafio um tanto desigual.

Ainda que não haja greve, a insatisfação dos caminhoneiros não diminuirá. E eles sabem do estrago que podem causar, seja pela enorme dependência brasileira do modal rodoviário, seja pela cumplicidade dos três poderes – no caso da tabela do frete, o Executivo assinou a medida provisória, o Legislativo a transformou em lei e o Judiciário mantém a tabela em vigor com sua omissão. Só uma reafirmação vigorosa de que no Brasil valem o livre mercado e as leis pode fazer com que os caminhoneiros renunciem a métodos antidemocráticos e demandas nada razoáveis.

35 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 35 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • S

    Spartacus

    02/02/2021 18:30:17

    Nunca li tanta besteira junta. Coisa de quem não tem contato com a realidade. Se fica patente que o preço máximo suportável para o diesel é de 3,70 reais o litro para os caminhoneiros não adianta criar subterfúgios. Esse terá de ser o preço na bomba. Não tem nada de corporativismo, é matemática pura. O governo terá de alguma maneira, de subsidiar o preço, independentemente do mercado mundial, porque os caminhoneiros são absolutamente insubstituíveis a curto prazo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • O

      Oliveira

      01/02/2021 17:05:58

      Quem chora por melhores condições de trabalho pro Estado, e não via concorrência prestando um serviço melhor pros clientes, é funcionário público - e foi basicamente isso q os últimos governos fizeram com os caminhoneiros. Linhas de crédito lá do tempo do Lula, depois pressões por leis favoráveis, agora o ápice com essa tabela de frete... Este país não é sério. Todo mundo quer uma tetinha.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      1 Respostas
      • B

        Bruno Santos Teles

        01/02/2021 18:07:30

        da tetinha ao tetão, esse país e feito pra isso, o FGTS passa dinheiro do trabalhador pra empreiteiro, a CLT passa dinheiro da produção para o advogado, qualquer carimbada no cartório é 100zão, professorado entrega o pior ensino do mundo mas tem regalia no imposto e na aposentadoria, a lista é longuíssima.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

    • C

      Clay Tiziani

      01/02/2021 15:32:32

      Caminhoburros

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • S

        Sr. Walker

        01/02/2021 14:34:27

        Parece que fazer greve é a única maneira de o brasileiro ser ouvido. É como fazer barreira e queimar pneus. Se não for assim é ficar bradando ao vento. Pobre país esse nosso. Povo de um lado e políticos de outro, distantes e isolados.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        1 Respostas
        • B

          Bruno Santos Teles

          01/02/2021 18:04:51

          a formação de preços de produtos e serviços é natural da iniciativa privada; se tá ruim o valor do frete é porque tem muita oferta pra pouca demanda, o choro é livre, bater currículo também

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      • A

        Antonio Carlos Neves

        01/02/2021 14:23:26

        Greve de pequena parte dos caminhoneiros apoiada pela Federação Nacional dos Petroleiros, em dia de eleições no Congresso Nacional, de ameaças de greve de professores das escolas públicas que não suportam trabalhar, de paginas diárias do Estadão com decadentes celebridades do PSDB/DEM, destilando ódio ao governo, são indicadores que pequenos mas barulhentos insanos pretendem derrubar Bolsonaro ou quebrar o pais até 2022, para dificultar reeleição do presidente, que só ocorrera se houver satisfação popular. Resumo: VOTO IMPRESSO em 2022 é a única forma de AUDITAR e RECONTAR, se solicitado por qualquer partido que permite conferir as apurações das urnas eletrônicas. Quem teme VOTO IMPRESSO?

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          julio marcos Correia

          01/02/2021 13:06:10

          Os caminhoneiros estão cobrando a fatura. Quem era pedra, virou vidraça.. Então, faz ARMINHA que serão atendidos!!! Toooooooooommmmmmaaa!!!

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • B

            Bruno Santos Teles

            01/02/2021 12:40:03

            os caminhoneiros querem mamatinha, dessa que favorece o baixo clero do funcionalismo público, acertinho na canetada; pra mamatona tem que ser juiz ou político.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            2 Respostas
            • B

              Bruno Santos Teles

              01/02/2021 12:51:46

              criaram o problema da falta de ferrovias pra inserir os caminhoneiros no negócio, caminhoneiro não é importante, caminhoneiro é custo Brasil, caminhoneiro é parte do problema e é preciso trabalhar insistentemente para que eles seja desimportantes na logística de longa distancia. O caminhão mata, destrói as estradas e encarece o país.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

            • P

              Pedro Silva

              01/02/2021 12:46:22

              Não concordo com todos os pontos da greve dos caminhoneiros, mas esta sempre foi uma categoria importante para o desenvolvimento do país. Quem conhece caminhoneiros sabe que não existe nenhum tipo de mamata para eles.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

          • N

            Natan Monteiro

            01/02/2021 12:41:20

            Por isso que se dá a enorme necessidade do país investir em novos modais de transporte (ferroviário, hidroviário etc). Reeditar o tipo de greve de 2018 só mancha e põe em total descrédito a categoria dos caminhoneiros. A maioria esmagadora deles são gente de bem, trabalhadores, mas uma pequena parcela baderneira se junta a sindicatos irresponsáveis e que agem sob coordenação político-partidária. É necessário que a maioria da categoria se imponha contra esses arruaceiros e não parem o país. Excelente editorial da Gazeta.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            1 Respostas
            • A

              Ae Carvalho

              01/02/2021 14:22:55

              Otimo comentário. Apoiado.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

          • A

            Arruda

            01/02/2021 11:54:45

            Se verdade for as postagens de que em países como Uruguay, Argentina e Paraguay, nas fronteiras, têm combustíveis fornecidos pela Petrobras com preços muito baixos em relação ao praticado no Brasil será, com certeza, um descalabro para os negócios dos brasileiros e suas necessidades pessoais de usar seus veículos.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • A

              ALEX

              01/02/2021 13:11:53

              A Petrobras nunca foi dos brasileiros, é sim dos acionistas estrangeiros. E essa história do mercado de combustível se autorregular é conversa de quem estudou em escola conservadora. Se não houver algum modo de regular o preço do combustível o preço do arroz e do feijão na mesa do cidadão também não vai se autorregular. Vide o preço do arouba do boi gordo: há dez anos era R$ 87 hoje beira os R$ 300, ou seja , se o governo não tem ferramentas ou competências pra regular, sobra para o pobre regular o quanto de comida consegue por na mesa. Uma coisa é certa, os donos do ouro negro regulam o preço ao seu bel-prazer.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              3 Respostas
              • C

                Celio B

                01/02/2021 15:32:12

                Assino embaixo. A realidade sempre dará de ombros para as asneiras que os ignorantes pensam.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

              • C

                Celio B

                01/02/2021 15:30:55

                Quantas asneiras em tão pouco espaço.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

              • B

                Bruno Santos Teles

                01/02/2021 12:43:51

                o preço deve ser livre, se você interfere, já deu bo s ta, dá bo s ta e dará bo s ta. isso é um fato, a sua opinião sobre o Estado colocar preço na iniciativa privada é irrelevante para a realidade.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

            • D

              Denis

              01/02/2021 15:56:36

              Do que entendi até agora, a greve é convocada por caminhoneiros autônomos. O que está acontecendo, creio, é que os autônomos não têm como acompanhar as empresas de transporte, e essas avançam no mercado. Os caminhões das empresas nunca trafegam vazias, e só ficam estacionados se houver programação para isso (manutenção, por ex). Para o caminhoneiros autônomos, nem sempre tem frete e os custos proporcionais são mais altos. Para piorar, ainda tem a BR do Mar como outra concorrente, com custos bem menores. É um processo natural do mercado. Para manter os autônomos, teria que haver algum subsídio que sobrecarrega o consumidor, ou seja, cria distorções

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              3 Respostas
              • Y

                Yuri

                01/02/2021 13:39:39

                O Ministro Tarcísio mostrou tudo isso para os líderes, basta ver a conversa gravada que ele teve com um dos movimentos. O que os caminhoneiros não entendem é que eles não podem mais concorrer com as empresas, que trabalham por escala e sempre possuem preço de fretes menores e tentam a todo custo algum subsídio para se manter.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

              • B

                Bruno Santos Teles

                01/02/2021 12:45:49

                esse problema vem desde o tempo da presidenta dementa, excesso de crédito, excesso de caminhão, agora eles querem cota de grana, bem brasileiríssimo "meus direito"

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

              • B

                Beto Burke

                01/02/2021 11:42:08

                Subisidios e reserva de mercado. Isso é o que o brasileiro sempre quer, do caminhoneiro ao grande industrial. Vai da firmeza do governo para não virar uma desordem econômica total e as consequências que tao bem nos conhecemos.: inflação, estagnação e desemprego nessa ordem.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

            • L

              Luiz Alberto

              01/02/2021 10:46:35

              O buraco é bem mais embaixo. Independentemente da escorcha fiscal; da facilidade que grevistas e ativistas têm de parar o país e de jogar no lixo o direito dos cidadãos e de fazer politicagem rasteira e escusa há dois aspectos a considerar: o descaso secular com a navegação de cabotagem e o criminoso desmonte e sabotagem com o transporte ferroviário. Acresça-se a isso a ganância capitalista selvagem que ao transformar produtos em "commodities" ignoram completamente a relação custo/preço. Os preços dos combustíveis hoje são balizados pelo humos do califa ou do emir de plantão. Um espirro do sultão e lá se vai o preço para a estratosfera. Um dia a esquerda vai perceber e aí será tarde......

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              1 Respostas
              • J

                José Luis Meister Peixoto

                01/02/2021 11:22:25

                Você esta correto, temos que investir em ferrovias e cabaotagem

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

            • R

              Rocha Dias

              01/02/2021 10:28:18

              Quando teremos políticos com foco no bem do Brasil e não em próxima eleição?

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • L

                Luciano Müller

                01/02/2021 9:58:14

                Fechar rodovias deve ser um crime contra a segurança nacional. Caso ocorra deve ser resolvido com o uso da força. Não havendo bloqueios, as leis da economia citadas dão conta do resto. Pode haver algum incômodo no início mas eles não podem ficar parados por muito tempo. O importante é, como disse o ministro, não negociar com grevistas. Grevistas e terroristas se enquadram na mesma categoria: chantagistas.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                1 Respostas
                • J

                  José Luis Meister Peixoto

                  01/02/2021 11:23:57

                  perfeito. Não temos que ter as rodovias bloqueadas a bem prazer.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

              • T

                Tupinambá

                01/02/2021 9:51:26

                Uma categoria não pode prejudicar milhões de brasileiros por conta de interesses corporativos! Basta o governo federal colocar a PRF para cumprir a lei nas estradas que esta manifestação desproporcional se encerra rapidamente!

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                1 Respostas
                • A

                  Ae Carvalho

                  01/02/2021 14:26:23

                  É tudo que a esquerda quer: baderna.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

              • H

                Humberto B

                01/02/2021 8:12:51

                O Min. Tarcísio têm trabalhado incansavelmente pela melhoria das atuais e expansão das rodovias. Resolvido diversos problemas de logística. O que está tornando competitivo ainda mais nosso negócio do agro e industria. Agora que está melhorando os caminhoneiros vão atrapalhar? Isso não vai aumentar as frotas próprias, caso a tabela seja desfavoravel ao contratador?

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • J

                  jean farias

                  01/02/2021 3:41:57

                  O Brasil precisa voltar a andar nos trilhos, como era nos tempos imperiais.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • T

                    Tiago Fichtner

                    01/02/2021 1:45:15

                    Os caras serem contra a "Rodovia do Mar" é o fim da picada. Se começarem a construir ferrovias vão fazer o quê? Tacar fogo?

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • R

                      RICK

                      01/02/2021 1:38:19

                      Só investir em ferrovias.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      1 Respostas
                      • T

                        Thaís Lopes

                        01/02/2021 11:51:51

                        Concordo.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                    • T

                      Tommaso

                      01/02/2021 0:48:39

                      Queremos de volta as máquinas de datilografar, as carroças, as vídeo locadoras, os jornais impressos senão faremos greve. Cadê a nossa reserva de mercado?

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      Fim dos comentários.