i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Editorial 2

Muito por fazer

  • Por
  • 24/09/2008 21:19

Na lista dos países que mais combatem a corrupção estamos em 80º lugar. O resultado apontado no relatório do ONG Transparência Internacional não chega a surpreender, mas nem por isso deve passar em brancas nuvens. Com a nota de 3,5 na escala que vai de zero a dez, ficamos, afinal, no mesmo patamar de nações que estão longe de ter instituições democráticas tão definidas quanto as nossas – caso do Burkina Faso e da Arábia Saudita. Mas de nada adiantam meras declarações de intenções. O compromisso com a democracia exige ética e transparência dos homens públicos – algo que vamos perdendo de vista em meio ao volume de abusos cometidos nos três poderes. E o documento aponta também um efeito colateral da fraca combatividade à corrupção: o descrédito das populações nos sistemas judiciários. O aumento da confiança – e a conseqüente consolidação democrática – não se dará apenas pela mera identificação dos corruptos. É imprescindível puni-los.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.