i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Editorial

O PT contra-ataca Deltan Dallagnol

  • PorGazeta do Povo
  • 01/07/2017 00:59
 | Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
| Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Um dos ícones da força-tarefa da Lava Jato, o procurador da República Deltan Dallagnol, tem ministrado palestras sobre corrupção pelo Brasil. Propriedade não lhe falta para falar sobre o assunto. As palestras, no entanto, surgiram no noticiário nos últimos dias não por seu tema, mas por seus valores. No ano passado, o coordenador da Lava Jato recebeu R$ 219 mil em 12 palestras. O valor levou o PT a ingressar com uma representação na Corregedoria Nacional do MP. Paulo Pimenta e Wadih Damous querem saber o que foi feito com o dinheiro e se as palestras são legais.

A primeira resposta veio rápido. O procurador afirmou que não ficou com nenhum real recebido pelos cursos. O montante teria sido doado para Hospital Erasto Gaertner. Informação confirmada pela instituição: “conseguimos arrecadar um terço deste total necessário graças a engajados parceiros, como o procurador da República”. Para as palestras deste ano, o procurador estaria concentrando esforços financeiros para criar um fundo anticorrupção. A segunda resposta parece estar parcialmente respondida. Resolução do CNJ classifica as palestras como “atividade docente”, autorizada pela Constituição. O PT se preocupar com palestras prestadas é uma novidade. O PT se preocupar com a criação de um fundo contra a corrupção, não é.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.