i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Coluna do leitor

Diários secretos 1

  • Porleitor@gazetadopovo.com.br
  • 14/09/2010 21:04

Mais fatos acontecem e somam-se àqueles que a população paranaense já conhece, e muito bem, relacionados aos desmandos e desvios na Assembleia Legislativa do PR. O que as pessoas de bem querem é que haja exemplarmente a justiça, por parte desses maus gestores públicos, inimigos da população paranaense.

Sérgio Andrekowicz, União da Vitória – PR

Diários secretos 2

Nós, eleitores, votamos em nossos representantes, confiando-lhes o nosso futuro e o de nossas famílias. Agora com eles sendo tachados de corruptos, nos mobilizamos com o intuito de vê-los julgados e condenados pelos prejuízos financeiros e moral ao estado.

Eudes Soares

Diários secretos 3

Quando o ser humano só tem más intenções, não tem transparência que o faça mudar de comportamento. Ele sempre vai achar uma saída pra continuar sendo desonesto. O povo tem de votar com responsabilidade, pois temos o maior poder nas mãos.

Eliane Ortiz de Moreira

Candibook

A Gazeta do Povo presta um magnífico serviço aos eleitores, através do site em que mostra o perfil de cada candidato nos diversos cargos a que se habilitam a representar o eleitor, o chamado Candibook. É uma grande oportunidade de avaliar os candidatos, não cometer erros e dizer que o povo é que não sabe votar. Há vários perfis, alguns com grande bagagem política, alguns cultos e outros nem tanto. Particularmente fiquei decepcionado com a sinceridade de alguns que se dizem sem religião e outros que se declaram torcedores de clubes de outros estados. Isso mostra que o cargo político é mais importante do que qualquer ideologia. Votar consciente é o caminho.

Celso Freitas

Voto consciente

O voto é único e democrático, mas acredito que muitas pessoas, devido a problemas que nosso país tem, perderam o interesse por esse instrumento de cidadania. Creio que, se o voto não fosse obrigatório, muitas pessoas deixariam de ir votar, pois afirmam que nada mudará, que um governo é semelhante ao outro e a corrupção sempre irá acontecer até o dia em que se faça a real justiça!

Flávia Miantti

Campanhas eleitorais

A campanha eleitoral fez-me lembrar de duas sábias expressões do sau­­doso Chacrinha, o "velho guerreiro": "Quem não se comunica se trum­­bica!" e "Eu vim para confundir e não para explicar!". Que se identifi­­quem como convenientes ou pertinentes, dentro da ética, da lei e do bom gosto.

Luiz Nusbaum, médico

Gasto em campanhas 1

Uma boa maneira de diminuir os gastos em campanha seria diminuir o número de candidatos por cadeira disputada, desta forma haveria uma seleção partidária proativa. Se um partido é tão competente, então por que mais de um candidato por vaga?

Napoleão Chiamulera

Gasto em campanhas 2

Os candidatos gastam porque têm de sobra. E o culpado acaba sendo o próprio TSE por liberar os bilionários a jogar dinheiro nas ruas em forma de propagandas diversificadas. Como sugestão, estabeleça um teto para deputados estaduais, federais, senadores, governadores e presidentes, assim todas as classes terão condições de disputar uma eleição de igual para igual.

Moisés Adílson Velozo

Escola verde

Excelente a reportagem sobre consciência ambiental (Gazeta, 14/9). Sem dúvida a boa educação é o caminho para aumentar o respeito à natureza. A propósito o piso de borracha que aparece ao fundo da foto na matéria é feito da reciclagem da borracha de pneus usados. Parabéns!

Jacinto Alcazar Padilla

Infrações no trânsito 1

Excelente o trabalho jornalístico chamando a atenção da população para um problema crônico de segurança que é o trânsito (Gazeta, 14/9), especialmente no Paraná, estado que tem maior índice de mortalidade no trânsito do que por homicídios. Porém, como cidadão, não posso concordar com a opinião do "consultor de trânsito" que defende que a responsabilidade de não usar a viseira é do condutor motociclista, já que o ônus de receber um detrito no olho é dele. Se concordarmos com esse pensamento não devemos mais pagar impostos, pois é dos nossos impostos que se paga o tratamento de saúde, entre outros.

José Osmar Novach, especialista em Segurança Pública

Infrações no trânsito 2

A aplicação de multa devido à viseira aberta é ridícula. A responsa­­bi­­lidade e o risco são total do motociclista. Só quem anda de moto sabe quando pode ou não pode. Quando as situações permitem usar a vi­­seira aberta, não vejo o porquê de não fazê-lo. O Detran e a Diretran multam à revelia, simplesmente para arrecadação, não para prevenção de acidentes.

Alex Kayser

Trânsito

A faixa de pedestre, também conhecida como faixa de segurança, além de ser ignorada por muitos motoristas, não é controlada pelos próprios órgãos fiscalizadores. Cito como exemplo o malabarista de facas ou o que cospe fogo, quando eles estão atuando nas esquinas é raro ver uma pessoa atravessar a rua, pois qualquer erro pode vir a ferir alguém ou até mesmo danificar algum veículo. Jamais vi um policial proibir tais atividades, vez que a lei é clara que a faixa de pedestres é exclusiva para a travessia dos pedestres.

Ronaldo Schubert, advogado

Ipês

A florada dos ipês-amarelos em Curitiba é um presente maravilhoso que recebemos a cada ano. Não tem como alguém permanecer indiferente diante de tanta beleza. É só olhar e se encantar com o amarelo luminoso de suas flores. Parabéns a quem teve a iniciativa de espalhar pela cidade tanta beleza!

Cristina Esteves Schuster

Enem

A matéria "Enem já tem até cursinho próprio" (Gazeta, 6/9) é muito interessante e importante para nós que estamos em ano de vestibular e achamos que o Enem ainda se apresenta de forma confusa. É bom saber que existem cursinhos preparatórios específicos para o exame.

Bárbara Chaves Borges, Maria Luísa Tomaselli Piva e Thaise Castro

Copa em Curitiba

O evento Copa do Mundo tornou-se um negócio muito lucrativo. Acredito que construir uma imagem positiva do Brasil na esteira da Copa torna-se um desafio. Sabemos que temos muitas dificuldades ainda como violência, marginalidade, entre outros. Isso exige investimentos sociais permanentes.

José Luciano Ferreira de Almeida

* * * * *

As mensagens devem ser enviadas à Redação com identificação do autor, endereço e telefone.

Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva, ainda, o direito de publicar ou não as colaborações.

Rua Pedro Ivo, 459 - Centro • Curitiba, PR - CEP 80010-020 • Tel.: (41) 3321-5999 - Fax: (41) 3321-5129.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.