Mídias sociais

Caso Derosso

"Isso é o mínimo. Há mais processos contra ele que não devem ser esquecidos, para a boa reputação do Judiciário paranaense."

Amilton Gonzales Borges, via Facebook, sobre a decisão do TRE-PR que rejeitou recurso de João Cláudio Derosso para retornar à Câmara de Curitiba.

Insegurança

"Já temos a solução para a segurança no estado: andar com uma televisão debaixo do braço. Você liga a televisão e vê vários policiais nos comerciais do governo; você desliga e a polícia desaparece, porque não tem polícia fora da propaganda do governo."

Valmir Marins, via Facebook, comentando o grande número de roubos em avenida central de Curitiba.

Prova Brasil ou Enem

"Mais barato mudar o método de avaliação que melhorar a educação, né?"

Felipe Bruni, via Facebook, comentando a proposta do governo federal de usar o Enem na composição do Ideb.

Proteção dos animais

"É só no debate eleitoral. Na eleição que passou houve mil promessas e de concreto só vimos mais cachorros nas ruas."

Sonia Timi, via Facebook, sobre as propostas para proteção dos animais feitas por candidatos a prefeito de Curitiba.

* * * * *

Contribua você também com sua opinião por meio da página da Gazeta do Povo no Facebook www.facebook.com/gazetadopovo ou do perfil no Twitter twitter.com/gazetadopovo

Muito boa a reportagem sobre a "escola de bicicleta" (Gazeta, 29/8). É importante haver conscientização sobre o uso correto de uma bicicleta para garantir a segurança de todos. No Centro de Curitiba é constante vermos ciclistas na contramão ou furando o sinal vermelho, como se estivessem acima da lei. Parabéns ao professor Eduardo Emmerick pela iniciativa em prol de uma sociedade melhor.

Cirlene Carvalho

Juventude desiludida

Gostaria de comentar a pesquisa do Gaz+ com relação ao interesse dos jovens por política (Gazeta, 25/8). Sinto-me honrada ao dizer que aos 17 anos não faço parte dos 53% desses jovens eleitores que dizem não ter interesse pela política. Ingenuidade seria pensar que não há relação alguma entre a escola onde estudo, a roupa que uso, a saúde que tenho e a política. Os impostos, as verbas direcionadas para cada setor, tudo é política. Porém, a política só nos é conveniente na hora em que descobrimos que podemos fazer greves e revindicar direitos. É vergonhoso ser jovem neste país, onde há tamanha ausência de ideologia.

Bruna Juliana Górski

Propaganda eleitoral

Eu fico pensando: em que realidade vivem os homens do poder? A cidade fantástica que eles apresentam na época de eleições está muito longe da nossa realidade. Eu, que ando de ônibus, vou a postos de saúde e procuro segurança nas ruas, sei bem do que falo. Senhores eleitores, por favor, não deixem se enganar pela fama e pelo conto da carochinha.

Maria Antonieta Pacheco

Prova Brasil ou Enem

Inquestionável a conclusão sobre o analfabetismo profissional no meio universitário, como lembra o editorial sobre a proposta de usar o Enem na composição do Ideb (Gazeta, 29/8). Basta conversar com os empresários que atuam na CIC de Curitiba. A grande maioria dos egressos das nossas universidades comprova o diagnóstico, que é – lamentavelmente – trágico. E está piorando. Mudar o termômetro não vai diminuir a febre nem a infecção generalizada.

Luiz Mario Lampert Marques

Estacionamentos subterrâneos

Estacionamento subterrâneo é a pior solução possível, pois a construção geralmente ultrapassa a linha do lençol freático, exigindo motobombas para remoção da água, encarecendo a tarifa. E geralmente é no horário de chuva que a energia cai e as bombas deixam de atuar, provocando inundação se não houver geradores a combustível.

Wilson Paulo Bettega

Metrô curitibano

Acho que o melhor sistema de metrô para a cidade é aquele que integra as pessoas de verdade. Um sistema que só integra 15% da população é no mínimo patético. Integração de verdade se faz por várias formas e não apenas com promessas.

José Luiz Souza

Ramal ferroviário

Esta questão do ramal ferroviário (Gazeta, 29/8) deve ser analisada também na ótica ambiental. A Região Metropolitana de Curitiba é cercada pelas APAs e pela região do Karst. Além dessas áreas, existe um decreto do governo estadual que define as áreas de mananciais e que considera importantes as ações de conservação até a bacia hidrográfica do Rio da Várzea.

Ednei Bueno

Proteção dos animais

Parabenizo a Gazeta do Povo pelas constantes matérias falando sobre os nossos animais, em especial os cães de rua. Ao ler a reportagem sobre as propostas dos candidatos a prefeito de Curitiba para a proteção dos animais (Gazeta, 29/8), fiquei decepcionado. Espero realmente que os candidatos apresentem propostas concretas, criando políticas públicas para o bem-estar animal. É vergonhoso o pouco caso que os governos dão aos nossos animais.

Octavio Rogério Jungton

Vagas nas ferrovias

Que maravilha poder ler notícias como a da abertura de vagas de trabalho nas ferrovias brasileiras (Gazeta, 29/8), que agora talvez possam retomar sua valiosa presença no mercado do transporte, após décadas de estagnação. Há inúmeros ex-ferroviários capacitados que poderiam colaborar com seus conhecimentos práticos em manutenção, condução ou formação de composições ferroviárias. A experiência tem muito a ensinar.

Luiz Jorge Uliniki, Porto União – SC

Moradias populares

O pobre vai continuar sempre morando em condições sub-humanas, como vemos na reportagem sobre a demora na entrega das moradias do Minha Casa, Minha Vida (Gazeta, 27/8). Em qualquer área e segmento da vida, quem tem dinheiro consegue tudo mais rápido.

Celso W. Velozo

Pearl Harbor brasileiro

Infelizmente opiniões de que os navios brasileiros foram afundados por americanos são muito comuns. A origem disso é a falta de informações históricas. Os próprios nazistas reconheceram os ataques e ainda distribuíram medalhas sobre os feitos em nossa costa. É estranho que nós brasileiros, depois de termos 465 pessoas mortas e 16 desaparecidas na guerra, ainda tenhamos visões como essa. Sem falar no desrespeito aos 1.080 mortos em nossos navios torpedeados pelos alemães.

Sergio Creimer, engenheiro

* * * * *

As mensagens devem ser enviadas à Redação com identificação do autor, endereço e telefone. Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva, ainda, o direito de publicar ou não as colaborações.Rua Pedro Ivo, 459 - Centro - Curitiba, PR - CEP 80010-020 - Tel.: (41) 3321-5000 - Fax: (41) 3321-5472.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]