Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Diante das revelações dos presos no esquema da Petrobras, e pelo fato de todos os citados negarem envolvimento alegando que nada sabiam, os brasileiros que acreditam em tudo logo devem deduzir que tudo isso foi invenção de pessoas maldosas; por esse motivo, vamos subir em nossa mula-sem-cabeça e galopar junto com o saci-pererê para um lugar bem longe, onde o Papai Noel vive junto com o coelhinho da Páscoa.

Manoel José Rodrigues, assistente administrativo, Alvorada do Sul – PR

Lava Jato 2

É impossível que, num esquema tão grandioso, só Costa e Youssef estejam envolvidos. Como agora é período eleitoral, os partidos envolvidos roubam o país e, consequentemente, o cidadão brasileiro, e têm a cara de pau de pedir voto ao mesmo povo que eles assaltaram. Isso é profundamente lamentável.

Ricardo Nogueira da Silveira

Lava Jato 3

Por muito menos, Collor foi aniquilado. Os atuais dirigentes deveriam ser expurgados, perder os direitos políticos por séculos. Os candidatos dos partidos beneficiados pelo esquema de desvio de dinheiro da Petrobras, se fossem dignos, envergonhados perante seus filhos, deveriam renunciar aos seus mandatos políticos, eleitos por incautos que não têm o hábito de ler jornais e acompanhar os noticiários para melhor se informar. Povo culto é povo determinado, povo sábio.

Pedro Ogrysko

Lava Jato 4

De acordo com as informações dadas pelos réus, quem é mesmo que parou a pauta do Congresso, forçando a contratação desse pessoal? Onde estão os caras-pintadas do impeachment de Collor? Não vamos esquecer os mensalões, em que o próprio Supremo deu guarida aos envolvidos com prisão domiciliar. Ainda não julgaram o mensalão tucano de Minas Gerais, e nem o escândalo do metrô em São Paulo. Existe só uma laranja podre nesse cesto ou temos de realmente jogar fora o lote inteiro, pois a podridão tomou conta deste país?

Carlos Henrique de Oliveira

Eleições 1

Ultimamente não faltou nem um dia em que a manchete não tivesse corrupção, desvio de verba pública, pagamento de propina, isso tudo ligado ao nosso governo. Nós, contribuintes, pagadores de impostos sempre em dia, nos sentimos envergonhados e revoltados. E depois somos obrigados a escutar que "se eleito, vamos fazer"... fazer o quê? Quem está há 12 anos no poder e não fez com certeza não o fará. Está na hora de mudar, precisamos crescer, deslanchar.

Sérgio Brugnolo

Eleições 2

Infelizmente, na esfera federal principalmente, pelo que vimos na campanha, nada vai melhorar para o povo. Sempre falam que vão fazer, mas, mesmo estando no governo há anos, nada fazem. Nós nos deixamos ser ludibriados facilmente, através de esmolas que apenas têm fim eleitoreiro. Só esperamos que as coisas aconteçam, o tempo passa e ficamos a ver navios.

Guido Hari Woeltje

Eleições 3

Tomara que nossos representantes acabem com o voto obrigatório. Ter de decidir entre Dilma e Aécio deve ser uma tortura. Temos de ter uma verdadeira democracia, e ela começa extinguindo o voto obrigatório e instituindo o voto facultativo. Ser obrigado a ir até uma seção eleitoral e votar em branco por não gostar dos candidatos é um suplício para o eleitor. Justificar por estar viajando, trabalhando ou doente é outra obrigação absurda. Perder direitos públicos por não justificar o voto é coisa de ditadura.

Cicero Roberto Kruke Lachowski

Eleições 4

No programa de governo de Aécio Neves está o compromisso com o fim da reeleição, bem como a mudança no mandato de quatro para cinco anos . Está se discutindo uma mudança constitucional como se não existisse uma instituição chamada Congresso Nacional, e isso poderá gerar expectativas e possível frustração diante do comportamento do Congresso. Isso não é tão simples assim, e pode não dar em nada, pois muitos eleitores estão achando que essa mudança constitucional depende somente do presidente, e ponto final.

Edgard Gobbi, Campinas – SP

Auxílio-moradia 1

Quando o STF, o Ministério Público e o CNJ, guardiães da lei e da justiça, cometem uma inominável injustiça contra o povo brasileiro, com o ignominioso auxílio-moradia para os seus membros, quem deve julgá-los? Quem pode controlar os abusos cometidos com o beneplácito das mais altas cortes e conselhos da magistratura e do MP? Afinal, não são eleitos pelo povo, seus cargos são vitalícios. São quase intocáveis. Quem falará pelo povo? Quem sabe as ruas.

Rui Simon Paz

Auxílio-moradia 2

Aquele que tem a missão de, baseado na lei, assinar uma sentença a favor ou contra alguém, em nome da justiça, e admite o aumento do próprio salário e demais mordomias prova que de senso de justiça tem muito pouco, e que deve voltar não ao banco da escola, mas ao berço da família, fonte dos valores que abraçamos para a vida toda.

Paulo Sérgio de Faria

Nobel da Paz

Sinto-me agraciado e com enorme alegria com a concessão do Nobel da Paz para Malala Yousafzai, essa pequena grande jovem, que com o risco da própria vida não abandona seus ideais, lutando pelo direito básico de todo ser humano. Nada mais justo que o reconhecimento mundial da coragem e tenacidade dessa mártir na luta contra a ignorância e o fanatismo que muitos países e entidades não se propõem a combater.

Luiz Nusbaum, médico, São Paulo – SP

Feiras de artesanato

O artesanato curitibano é muito forte; prova disso é que a prefeitura inclui em seu calendário turístico as chamadas feiras especiais. Atualmente, a atração é a feira especial da primavera, na Praça Osório. Trabalhos maravilhosos são apresentados pelas artesãs, que se especializaram também em atender os turistas, muitos deles estrangeiros. Parabéns!

Patricio Caldeira de Andrada

Ebola

Sensacionalismo? Pode até ser. Mas a questão é que essa é uma doença com taxa de letalidade altíssima. Qualquer suspeita, mesmo que a probabilidade seja baixíssima, deve ser tratada com seriedade. Imagine o estrago se esse vírus mutar e começar a ser transmitido pelo ar também.

Ricardo Henrique Bordignon

Dia das Crianças

Menores nos sinais, perambulando nas ruas, sem escola, carinho e alimentação sadia é o que vemos nas ruas das grandes cidades. São chamados pivetes, e muitos se afastam com medo deles. A rua não pode ser boa mãe e acaba como madrasta má. Aprendem a se defender e a mentir. Será que não vemos que é grande decadência ter nossas crianças de um lado abandonadas e de outro abandonadas na frente da televisão, computador ou vídeo game? Ou "perdemos tempo" com a futura geração ou teremos de nos arrepender de não sermos amigos deles. Se não somos amigos de nossos filhos, os traficantes serão falsos amigos. Essa falha na educação da geração nova pode "rachar" toda a sociedade e futuramente teremos adultos pouco afeitos ao amor e à amizade com os mais velhos. Vamos à luta e conquistaremos nossos filhos e amiguinhos para nós. Estamos muito longe. Chegue perto e ame. As crianças e adolescentes querem ser nossos amigos, é só ir em frente e ser o primeiro e fazer na família o que Jesus nos ordena: amar o próximo!

Paulo Roberto Girão Lessa, Fortaleza – CE

Leilão dos 700 MHz

Quem deixa de ganhar 8 para ganhar 6 (Gazeta, 10/10) tem algum outro interesse escondido. Vai demorar um pouco, mas vamos saber. Num país sério como o Brasil, temos de investigar tudo. Podem ter certeza de que tem gato por tras da carniça!

Adelino Renuncio

Estrada do Colono

Alfredo Kaefer deveria ter vergonha na cara, junto com o Assis do Couto, por estar apoiando a abertura/reabertura da Estrada do Colono, que passava/passará por dentro do Parque Nacional do Iguaçu, um dos últimos refúgios da onça pintada no estado do Paraná, um dos últimos corredores da biodiversidade, um dos últimos remanescentes da Mata Atlântica. O parque é Patrimônio da Humanidade.

Marilisa Fonseca de Lima Lange

Casamento coletivo

O Brasil está em um estágio bem adiantado de degeneração da ética, da moral e dos bons costumes, e o nosso prefeito está contribuindo com isso. Qualquer grupo organizado promove movimentos para se autoafirmar e conseguir modificar as leis do país a seu favor. Querem impor uma coisa pela força, pelo medo, pela coação, qualquer pessoa merece respeito, é uma via de duas mãos, é necessário agir com respeito para se ter respeito.

Juliana de Jesus

* * * * *

As mensagens devem ser enviadas à Redação com identificação do autor, endereço e telefone. Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva, ainda, o direito de publicar ou não as colaborações.Rua Pedro Ivo, 459 - Centro • Curitiba, PR - CEP 80010-020 • Tel.: (41) 3321-5999 - Fax: (41) 3321-5472.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]