i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Coluna do leitor

Polícia 1

  • Porleitor@gazetadopovo.com.br
  • 27/08/2010 21:06

As polícias do Paraná e de Santa Catarina estão realizando uma ótima tarefa em busca do suspeito de ter assassinado o delegado Zuba (Gazeta, 27/8). Dois dos suspeitos foram mortos durante o tiroteio ocorrido entre bandidos e policiais. Falta agora pegar o último que, por sua agilidade e experiência, deve ser o que mandava mais entre os três. Será difícil a busca ao suspeito, pois creio que ele não sairá da mata por nada nesse mundo! Mas a polícia está em equipe e tenho certeza de que vai capturá-lo.

Flávia Miantti

Polícia 2

Se a nossa polícia mantivesse a mesma gana e voracidade com que investigou e caçou os assassinos do delegado Zuba, com certeza o tráfico de drogas estaria reduzido. E muito mais criminosos estariam atrás das grades.

Rubens Guimarães

Trânsito

Anel viário, está mais que comprovado, funciona. Temos como exemplos cidades do Brasil, como São Paulo e Rio Janeiro. O que seriam delas sem os viadutos, os túneis, as trincheiras e com outras verdadeiras integrações que melhoram os acessos e fluxos do trânsito de diversos veículos que transportam pessoas e objetos? Um caos muito maior do que já é muitas vezes. Não precisa ter especialidade de engenharia ou logística para saber que uma obra assim é viável para o trânsito de qualquer cidade.

Vitor Mattar Franca Junior, administrador

Vara da família

O problema que envolve as Varas de Família da capital é o reflexo do acesso à Justiça como um todo. Nas varas cíveis da capital nos deparamos dia a dia com acúmulo de processos, a máquina do Judiciário está bastante lenta, precisamos de mais juízes, de custas mais baixas e de celeridade nos processos. Acho que somente a criação de varas não é a solução para o problema que envolve toda a sociedade brasileira. Sugiro um amplo debate com todas as instituições envolvidas, junto ao povo.

André Luiz Nunes da Silva

Árvores no chão

Há muito tempo vêm sendo feitas podas de árvores em Curitiba de modo estranho. Vejo exemplos sempre. Perto de onde moro havia quatro árvores lindas e saudáveis, que hoje não são mais as mesmas. Sem qualquer justificativa, a prefeitura podou os galhos mais bonitos e as árvores estão agora com aspecto esquelético, com ramagem somente nas copas. A maioria das árvores em Curitiba já está com essa aparência esquelética, até mesmo no Parque Barigui. Ao que consta, as podas são feitas por empresas terceirizadas. Só não estou entendendo o porquê disso!

Taras Savytzky

Diários secretos

Funcionários fantasmas, crianças trabalhando, escândalos políticos, motivos que envergonharam a AL do Paraná e que levaram à aprovação da Lei da Transparência (Gazeta, 25/8). Muito interessante, pois com a população tendo acesso a essas informações, será mais fácil para que possamos exercer nossos direitos, cobrando de nossos governantes o devido trabalho em prol da população. Que bom que os primeiros passos estão sendo dados para que possamos acreditar no futuro da nação.

Jennifer Suzana Witt

Lei da Transparência

A Lei da Transparência é um avanço. Como firmar poder e posição política sem negociar a aprovação de novas leis e passar por bom moço? Fulano é o autor do projeto de transparência, Sicrano do projeto da Ficha Limpa, Beltrano do projeto do nepotismo, e assim segue a apropriação intelectual de princípios da Constituição Federal de 1988, angariando prestígio político pelo tão só fato de reafirmar o óbvio ululante de 20 e tantos anos atrás.

Murilo Cezar Soares e Silva, promotor de Justiça da Comarca de Rebouças – PR

Violência

Muito instrutiva a matéria sobre a máfia no México, que mostra como está violento esse país (Gazeta, 27/8). O governo mexicano afirmou ter encontrado 72 corpos no estado de Tamaulipas, na fronteira dos EUA, dos quais, quatro são brasileiros. Como é possível ocorrer uma coisa dessas? É muita violência, é um acontecimento que envergonha o México e mostra que está tudo sem controle.

Guilherme Lourenço Nunes

Precatórios

O precatório é uma divida líquida, certa e inquestionável. Se o estado devedor não a liquida, torna-se inadimplente. Se as pessoas do devedor e do credor são exatamente as mesmas, não há como deixar de ser feito o acerto de contas de acordo com o princípio do direito natural. O calote do estado decorre da incapacidade e prepotência do gestor. Se o precatório se tornou um ativo negociável, o estado prepotente, insolvente e incapaz deveria criar uma lei temporária e comprar esses ativos de acordo com o mercado para acertar suas contas.

Waldir Simões de Assis

Faltam vagas

A falta de vagas na rede hoteleira de Curitiba durante um grande evento na cidade mostra que não estamos preparados para a Copa de 2014. A Copa é um dos maiores eventos esportivos do planeta. Como podem esgotar as vagas em hotéis quatro anos antes da disputa? Pessoas foram forçadas a encontrar lugares alternativos para pernoite, como motéis. E o evento nem era tão grande assim se comparado à Copa do Mundo! Curitiba deve dar prioridade para reformar a estrutura dos hotéis e treinar funcionários.

Jéssica Castagneti

Sistema de saúde

Interessante que o SUS tenha incluído novos tratamentos contra o câncer (Gazeta, 26/8). Sendo a segunda doença que mais mata no Brasil, é muito importante que as pessoas saibam que os hospitais públicos estão melhorando e aumentando os procedimentos para o paciente. O usuário, tendo dinheiro ou não, recebe os serviços e a superficial convicção de que seus tributos pagos ao governo estão sendo utilizados com a sociedade!

Francilaine Schelbauer Dzickanski

Nova linguagem

É hora de refletir, pensar se não somos culpados pelo linguajar dos nossos jovens! Analisem comigo. "Iai blz? Num vi a torre ainda... eu tava mexendo no meu pc aki hj e....Carol do ceu! Axei a fotenha que me mandou ano passado.... eh a foto êm." Essa linguagem está se tornando comum entre os jovens na inter­­net. E em sala de aula o professor é cafona, ensina coisa que não interessa, que não tem nenhum valor para eles. Se continuar nessa progressão, daqui a alguns anos, a Língua Portuguesa estará morta, assim como o latim. O importante numa língua é a co­­municação, e isso os jovens con­­se­­guem. E o que farão os mestres e estudiosos da língua para salvar o nosso tão difícil idioma?

Odete Orzenn

* * * * *

As mensagens devem ser enviadas à Redação com identificação do autor, endereço e telefone.

Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva, ainda, o direito de publicar ou não as colaborações.

Rua Pedro Ivo, 459 - Centro • Curitiba, PR - CEP 80010-020 • Tel.: (41) 3321-5999 - Fax: (41) 3321-5129.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.