E a Dilma dizia que a Marina, ou o Aécio (com o Fraga), caso fossem eleitos, aumentariam os juros. Não demorou três dias, antes mesmo da "posse" para o segundo mandato, e as taxas já subiram (Gazeta, 30/10). Dia 1º, véspera de Finados, sobe a gasolina. A energia? Fica para o início de 2015.

Evaldo José Magalhães

Taxa Selic 2

Esse é o primeiro aumento de muitos. Ou a Selic volta pra uns 20% ou a inflação chega a isso. Pura matemática: desceram para 7,5% para fazer populismo, agora sobem inversamente depois da bobagem. O mesmo vale para a conta de luz: pagamos mais barato por uns meses, sim! Mas vamos cobrir essa diferença com juros em 2015. Será o ano de quem acreditou nas "parcelinhas que cabem no bolso" devolver carros comprados em 60 vezes, apartamentos-cubículo de 50 metros quadrados com um tanque ao lado da pia para o banco leiloar. A matemática é uma ciência exata, não tem como o PT manipular. Pode enganar por um tempo, mas logo os números aparecem.

Ricardo Off

Conselhos populares

As manifestações de 2013 deixaram claro que a pauta da atual classe política não é a da sociedade que eles dizem representar. Como parece que deputados e senadores não enxergaram isso, a Presidência da República publicou o decreto sobre a política de participação social. Aí o Congresso "acordou", temendo ter de dividir suas atribuições. Espero que esse susto aproxime mais o Poder Legislativo da sociedade e seus reais anseios.

Acir João Cardozo, São José dos Pinhais – PR

Reforma política

Para transformações de peso, como reformas políticas, financeiras etc., o plebiscito não serve, não se amolda. Essas aludidas modificações são incumbência, como que sagrada, para os nossos constituídos. Envolvem decisões de enormidade e importância tantas que, é obvio, não podem ser decididas com os lacônicos "sim" ou "não" que caracterizam o plebiscito.

Benedicto Bueno

Henrique Pizzolato

O Brasil tem o que a Itália tanto quer e Lula lhe negou: o bandido sanguinário Cesare Battisti. A Itália tem o que tanto interessa aos brasileiros, o bandido petista e ladrão Henrique Pizzolato. Fica fácil, agora: entregamos o que os italianos tanto querem e eles nos devolvem o corrupto que precisa abrir o bico!

Mara Montezuma Assaf, São Paulo – SP

Eleições 1

A tão falada "redenção do Nordeste" pelo PT não passou de bazófia do ex-presidente Lula. Se quisessem redimir o Nordeste, teriam dado à população educação e trabalho com carteira assinada, em vez de Bolsa Família. Todos sabem que no Nordeste funciona o voto de cabresto, comandado pelos coronéis, e Lula, Dilma, o PT e seus partidos aliados sabiam muito bem disso, procurando fazer a mesma coisa para reeleger o PT: a velha máxima "manter a massa ignorante para melhor manobrá-la".

José Luiz Novôa

Eleições 2

Quem estudou um pouco de História sabe que, desde os tempos do Brasil Colônia, houve incontáveis esforços para a manutenção de nossos limites geográficos e da unidade do território nacional. O PT, com finalidades eleitoreiras e com manobras pouco éticas, conseguiu dividir o país, aproveitando-se da boa fé de uma população politicamente menos esclarecida. Esta divisão é um crime contra a unidade nacional e fere todas as nossas mais caras tradições.

Clotilde de Lourdes Branco Germiniani

Vila Capanema

Estádio padrão Fifa (Gazeta, 30/10), muito bom, mas e nós, que moramos ao lado do estádio onde também entra o projeto da prefeitura? Nunca somos lembrados pelos órgãos públicos, a não ser quando recebemos intimações para desocupar as casas.

Josiane Cordeiro de Miranda

Legado da Copa

A Copa do Mundo iniciou, terminou e não ficou claro por que veio. Tanto gasto de dinheiro público e o que causa admiração é que parece que tudo correu certinho, que o dinheiro foi bem empregado. Nenhuma denúncia de superfaturamento ou de desvios, pelo menos nada tenho lido a respeito. Quando teremos a verdadeira prestação de contas do dinheiro aplicado? Quando esse dinheiro será devolvido aos cofres públicos? O grande legado são estádios vazios, futebol decadente, auditorias inexistentes e clubes tradicionais devendo aos seus funcionários. Quando os responsáveis vão dizer ao povo se houve lucro e quem embolsou tal lucro?

Luiz Eduardo Hunzicker, Colombo – PR

Transporte coletivo

Curitiba é cidade modelo para o mundo com relação ao transporte coletivo. Não tenho nenhuma queixa nos investimentos realizados em favor do meio ambiente, da economia e, principalmente, dos passageiros. Por mais que não agradem a todos, os ônibus da capital paranaense vão na direção do futuro. E o metrô será apenas uma medida eleitoreira, estragando tudo de bom do transporte coletivo. Sou sortudo, porque essa linha de teste é a que utilizo para chegar ao Centro. Não vejo a hora de andar nesse ônibus biarticulado elétrico híbrido.

Waldomiro Tarcísio Padilha de Oliveira

Desaposentação

Para os juízes está tudo bem, aumentam seus salários quando querem, não terão vantagem nenhuma em ajudar a classe trabalhadora, não enxergam que é um roubo à pessoa que se aposenta e volta a trabalhar. São milhares assim no Brasil, contribuindo para o INSS sem que vejam melhorias. Então, sejam coerentes: quem volta a trabalhar não precisará mais contribuir para o INSS, certo?

Hermes Carlos Bollmann

Voto distrital

Na implantação do sistema de voto distrital, o Paraná poderá ser dividido em 19 distritos e cada distrito ter, obrigatoriamente, um deputado federal e dois estaduais. Seriam, então, 19 deputados federais e 38 estaduais. As atuais bancadas têm 30 federais e 54 estaduais. No Senado deveriam baixar de três para dois senadores por estado. Isso deveria ser adotado por todo o país, não causando desemprego sensível pois quase a totalidade desses políticos e seus assessores não dependem dessa renda para sobrevivência.

Devalmir A. Beletatti, Campo Mourão – PR

Chinchilas

Sobre o projeto aprovado em São Paulo que proíbe a extração de pele de chinchila, existe uma divisão muito tênue entre o certo e o errado no Brasil atualmente. Esse projeto de lei deve ter sido sugerido por alguém que não conhece a atividade e, pior, apoiado por outros que sabem menos ainda. A chinchila nem é natural do Brasil. A criação de chinchilas é ecologicamente correta, pois não retira da natureza nenhum animal que vive em seu habitat de origem. Todos os animais são criados para essa finalidade em ambiente com temperatura controlada e alimentação balanceada, é uma exigência para a manutenção vital do animal. Para melhor simplificar, vamos fazer uma analogia com a criação de gado. Na criação de gado, abate-se o animal e o principal é a carne. Já na criação de chinchilas, abate-se o animal e a pele é aproveitada. Simples assim. Quero ver conseguir acabar com os criadores de gado!

João Carlos de Almeida Júnior

ONGs

Gostei da proposta apresentada pelo vereador Chicarelli, que exige prestações de contas das ONGs de Curitiba. É um bom caminho para ver se não há muita ONG de fachada recebendo dinheiro público. Acho que isso deveria inclusive ser replicado para a Assembleia Legislativa, para que todos os paranaenses saibam quem recebe dinheiro público e no que é investido.

Oscar Roberto

Abastecimento de água

É preciso acabar com a taxa mínima do consumo de água, que é de 10 metros cúbicos por unidade. Por mais que não sejam consumidos, eles são cobrados em sua fatura mensal juntamente com a cobrança de tratamento de esgoto. Um incentivo ao desperdício de água, um absurdo!

Felipe Milheiro

* * * * *As mensagens devem ser enviadas à Redação com identificação do autor, endereço e telefone. Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva, ainda, o direito de publicar ou não as colaborações.Rua Pedro Ivo, 459 - Centro • Curitiba, PR - CEP 80010-020 • Tel.: (41) 3321-5999 - Fax: (41) 3321-5472.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]