Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Tenho visitado Curitiba nos últimos seis anos. Acabo de regressar de mais uma viagem e não poderia deixar de registrar uma profunda decepção e espanto quanto ao comportamento da grande maioria dos motoristas desta linda cidade. Para quem se orgulha de pertencer a um dos mais altos IDHs do país, é lamentável a agressividade dos condutores de veículos. Em inúmeras oportunidades tive que correr para não ser atropelado, mesmo estando nas faixas de pedestres. A agressão de um motorista a outro veículo, com um extintor de incêndio, noticiada dois dias antes de regressarmos ao Rio, é só mais um capítulo deste comportamento digno dos homens das cavernas. Algo deve ser feito com urgência. Punição exemplar num país de impunidades é cada dia mas dificil. Mas ainda é tempo de os homens de bem fazerem prevalecer o bom senso e a civilidade. Pelo menos no Rio (e não sou carioca) este aspecto é bem mais civilizado...

Hamilton de Araujo CostaRio de Janeiro – RJ

Aérea

Francamente, é de uma tremenda estupidez e infantilidade a atitude de nosso ministro da Defesa em exigir a demissão do sr. Milton Zuanazzi da Anac, o que para ele soa como a solução de todos os males que nossa aviação civil padece. Travestido com uma farda de general do exército, força a qual ele jamais serviu, Nelson Jobim mais parece um torcedor de futebol do que um ministro sério como deveria ser. Troca um técnico por outro, esperando resultado rápido, desconhecendo olimpicamente as mazelas que os dois últimos governos federais, dos quais participou ativamente, deixaram para nosso setor aéreo. Senhor ministro, tenha coragem e diga que está em campanha política para ser o próximo presidente da República.

Jorge Derviche Filho, engenheiro civilCuritiba – PR

Tropa de elite

"Seria um filme interessante para que as pessoas pudessem tirar suas conclusões da podridão do nosso sistema. Não fossem a quantidade de palavrões fazendo parte do roteiro. Poderiam ter sido eliminados 90% deles. Todos os nossos filmes recebem o Oscar dos palavrões."

Geraldo Jorge, engenheiroCuritiba – PR

Sinalização

Passo todos os dias pela Rua Alvaro Alvin, no Seminário. Não sei se esta rua tem ou não duas mãos. Havia uma placa proibindo quem vinha da Mário Tourinho de entrar na Alvaro Alvin. Não há mais. Antes que ocorra algum acidente, acredito que a prefeitura poderia sinalizá-la adequadamente.

Maria Ribeiro, professoraCuritiba – PR

Humor negro

O humor que embasa a Campanha do Silêncio na Santa Casa (Gazeta do Povo 29/10) lançada pela atual direção, fica entre o lamentável ao pretender reduzir o barulho interno e poupar ouvidos de pacientes com uso de "máscaras em forma de boca com um zíper fechado, símbolo da campanha". Mais sábio seria calar todos os poluentes sonoros inerentes a uma praça central, o que é impossível em função da dinâmica urbana. É possível que o real objetivo do recurso seja impedir o diálogo e a interação da comunidade hospitalar, na contramão da liberdade de expressão.

Alzeli BassettiCuritiba – PR

Linha Verde

Hoje vemos engarrafamentos diários ao longo da ex-BR-116 e da Linha Verde. Uso a rodovia todos os dias e observo que não estão sendo construídos viadutos no acesso à Vila São Pedro, cruzamentos na Vila Fani para Vila Hauer e Salgado Filho. Curitiba está precisando de mais arrojo em suas vias, a população espera que tenhamos vias rápidas modernas e não mais uma fonte moderna de congestionamentos. Autoridades do município, estudem melhor o uso deste artifício técnico em substituição ao velho sinaleiro. A construção de viadutos facilitará a vida de todos nós.

Luiz Carlos B.AraújoCuritiba – PR

Aborto

Também sou contra o aborto. No entanto, acho que em parte Sérgio Cabral tem razão. Miséria e falta de oportunidade elevam as chances de o sujeito cair na criminalidade.

Alfredo Prates, contadorCuritiba – PR

* * * * *

Praça Carlos Gomes, 4CEP 80010-140 – Curitiba, PR Fax (041) 3321-5472

leitor@gazetadopovo.com.br

Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva o direito de publicar ou não as colaborações.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]