i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Luto

Morre o mais antigo ex-comandante-geral da PM do Paraná, deixando um legado na corporação

  • PorAlex Silveira, da Tribuna do Paraná
  • 16/08/2020 16:09
Antonio Michaliszyn (à esquerda) recebendo homenagem em 2017.
Antonio Michaliszyn (à esquerda) recebendo homenagem em 2017.| Foto: Associação da Vila Militar/Divulgação

O ex-comandante-geral da Polícia Militar (PM), coronel Antônio Michaliszyn, 96 anos, faleceu no sábado (15). Ele era o comandante-geral mais antigo, segundo informações foi divulgada pela assessoria da PM. Durante sua gestão, o coronel Antônio Michaliszyn criou os primeiros nove batalhões da PM, além da Academia Policial Militar do Guatupê e o Hospital da PM. Ele nasceu em 1925, em Mallet. Ao longo da carreira passou por várias unidades no interior do estado.

RECEBA notícias sobre o Paraná pelo WhatsApp

O ex-comandante-geral ingressou na corporação como soldado, em 1942. Pela sua dedicação, foi graduado como cabo e, depois, sargento da PM. Em 1948 foi declarado aspirante a oficial. Ao percorrer as unidades do interior do estado, chegou ao posto máximo da corporação e foi nomeado comandante-geral em 1966, seguindo no cargo até 1970. Segundo a PM, ele deixou um grande legado à corporação e também construiu, com recursos próprios, a Associação da Vila Militar (AVM). Velório e sepultamento foram na capela do Cemitério Parque Iguaçu.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • N

    Neanderthal

    ± 2 minutos

    Não se fazem mais comandante como antigamente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso