Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Após tentativa de invasão, sites do governo do Paraná voltam ao ar neste sábado
| Foto: Reprodução

Os sites do governo do Paraná que foram atacados por hackers na noite de sexta-feira (16) foram restaurados neste sábado (17). Segundo a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), todos os dados digitais estão preservados, já que a tentativa de invasão foi considerada superficial.

Em uma postagem no Twitter, o perfil dos suspeitos peloataque escreveu “Aconteceu algo errado com o Paraná”. Segundo a postagem, cerca de 70 sites do governo do Paraná foram atacados. Entre eles, estavam os sites das polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e da Secretaria de Saúde. A mensagem "Imposto é roubo" foi colocada em todos os sites atacados. A Polícia Civil já identificou a origem e os responsáveis pelo ataque.

Em nota oficial, o presidente da Celepar, Leandro Moura, classificou a atitude como irresponsável. “Em plena pandemia, sites de hospitais tiveram que preventivamente sair do ar, o Portal do Coronavírus, que é o centro de informação da pandemia do Governo e inúmeros outros sites de serviços ao cidadão ficaram indisponíveis, por conta da prática criminosa desses hackers em plena pandemia e estão pichando diversos portais governamentais em vários estados da Federação”, declarou.

O ataque sofrido pelos sites do governo é conhecido como “defacement”, uma espécie de pichação virtual na qual o conteúdo e a aparência das páginas são modificados com motivação ativista ou política. Segundo o Celepar, todos os sites atacados voltaram ao funcionamento normal poucas horas depois de identificada a tentativa de invasão. A companhia também garante que não houve vazamento de dados.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]