Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Convenção do DEM, nesta segunda-feira (31), confirma nome de Rafael Greca na disputa
Convenção do DEM, nesta segunda-feira (31), confirma nome de Rafael Greca na disputa| Foto: Divulgação/DEM

A convenção do Democratas em Curitiba confirmou o nome do atual prefeito da cidade, Rafael Greca (DEM), para disputar a reeleição, no pleito marcado para novembro. Realizada no início da noite desta segunda-feira (31), a convenção durou uma hora e foi transmitida ao vivo pelo Facebook, na tentativa de restringir o número de pessoas presentes no Palácio Garibaldi, já que o contexto é de pandemia do novo coronavírus.

RECEBA notícias sobre o Paraná pelo WhatsApp

A live contou com a participação do presidente nacional do DEM, o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, que trabalha com a possibilidade de um total de 13 candidatos da sigla concorrendo a prefeituras de capitais em todo país. Também discursaram, além do próprio prefeito Rafael Greca, a primeira-dama da cidade, Margarita Sansone, e o presidente do DEM no Paraná, o deputado federal Pedro Lupion.

No DEM, há 25 convencionais com poder de voto, mas a escolha por Greca ocorreu por aclamação. Também foram confirmados 48 candidatos a vereador, 18 mulheres e 30 homens. Os filiados deixaram nas mãos da cúpula da sigla a escolha do candidato a vice, já que as costuras sobre alianças seguem até o prazo final para a realização das convenções, em 16 de setembro.

Mas há sinalizações. Ao longo da convenção, Greca registrou a presença de representantes do PP, PTB, PMN, PRTB, PSB, Patriota e Cidadania (ex-PPS). Entre os presentes estava o vice-presidente da Executiva do PSB em Curitiba, Ricardo Ducci, que é filho do ex-prefeito da capital e deputado federal Luciano Ducci. Até aqui, Ducci também se apresenta como pré-candidato do PSB às urnas de novembro. A convenção do PSB ocorrerá no próximo dia 5.

A cadeira de vice de Greca pode ser dada ao PP. O deputado federal Ricardo Barros (PP) já deixou clara a intenção de fechar uma aliança com o Democratas. Um dos nomes cotados para preencher a vaga é o da ex-governadora do Paraná Cida Borghetti (PP). Mas, se não houver acordo, o Progressistas pode lançar candidatura própria.

Greca preferia a aliança com o PSD do atual governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, mas o deputado estadual Ney Leprevost (PSD) insiste na candidatura. Na eleição de 2016, Greca disputou o segundo turno com Leprevost, ganhando por uma diferença de 56.421 votos.

29 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]