Sesa
Nova resolução da Secretaria de Estado da Saúde deve ser publicada nesta segunda-feira (8)| Foto: Arquivo AEN

No Paraná, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) vai publicar nesta segunda-feira (8) uma nova resolução sobre as medidas contra a disseminação do novo coronavírus nas instituições de ensino públicas e privadas, em função do retorno das atividades presenciais. A Sesa antecipa que o novo documento não vai exigir que o retorno das aulas seja feito de forma escalonada (em datas diferentes a partir da faixa etária do aluno), especificamente na rede particular. Na resolução anterior (número 98/2021), a regra valia para todos, para o ensino privado e público (redes municipais e estadual).

As principais notícias do Paraná pelo WhatsApp

A partir da publicação da nova resolução, somente o ensino público precisará seguir o escalonamento. A mudança ocorre, segundo a Sesa, porque a maior parte da rede privada já iniciou as aulas presenciais, na primeira semana de fevereiro, antes da publicação da resolução 98, que obrigava o escalonamento. Já a rede pública trabalha com outra data – o retorno das aulas presenciais deve acontecer somente no próximo dia 18. Outras medidas constam na resolução – como a previsão do ensino híbrido (presencial e remoto, através de rodízio entre alunos) e a proibição de atividades esportivas coletivas.

Na rede pública, crianças de até 10 anos serão as primeiras

Segundo a Sesa, a nova resolução vai reforçar que o retorno às atividades presenciais na rede pública de ensino (estadual e municipais) seguirá de forma escalonada, por faixa etária, iniciando-se pelas turmas com crianças até 10 anos de idade. Após uma semana, as demais turmas do ensino fundamental. Depois de duas semanas, os alunos do ensino médio.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]