i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Coronavírus

Paraná busca novos leitos de UTI para Covid-19, mas não divulga taxa de ocupação

  • PorMaria Eduarda Lass, especial para a Gazeta do Povo
  • 09/04/2020 20:47
Secretário de Estado da Saúde,Michele Caputo Neto,Inaugura em Araponga o Centro de Epidemiologia e a UTI do Hospital João de Freitas.
Arapongas,14/04/2016
Governo ainda procura leitos de UTI e enfermaria para casos de Covid-19 (imagem ilustrativa).| Foto: Venilton Küchler/AEN

O estado do Paraná tem hoje 419 leitos de UTI e 1.108 de enfermaria separados para tratar exclusivamente pacientes infectados pelo novo coronavírus. O número leva em conta somente a estrutura acessível pelo Sistema Único de Saúde (SUS), ou seja, há ainda a rede hospitalar particular, na qual cada hospital é livre para gerenciar a quantidade de leitos que reserva ou não para atendimento exclusivo à doença - cujos números seguem subindo.

RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

As vagas disponíveis pelo SUS parecem atender a demanda atual, já que, de acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), nesta quinta-feira (9), 68 paranaenses estão internados em UTIs em consequência de Covid-19, e outros 49 ocupam leitos clínicos. Apesar de apresentar os números gerais, fato é que a Secretaria de Saúde diz não saber quantos destes 68 pacientes ocupam UTIs do SUS e quantos ocupam a rede privada. O mesmo ocorre com os pacientes internados em enfermarias.

Além destes casos confirmados, há 346 em investigação. Parte dessas pessoas que aguardam o resultado dos exames laboratoriais está internada, mas o Paraná, que ganhou o rótulo de um dos estados com menos transparência na publicação de dados do coronavírus, também não divulga a estimativa de quantas destas suspeitas ocupam leitos na rede pública.

“Maratona” por mais vagas em UTI

Apesar de não disponibilizar os dados de ocupação de leitos do SUS, o Paraná tem anunciado a busca por aumentar a disponibilidade destes locais para enfrentar a doença. Quando os primeiros casos chegaram ao estado, o governo contingenciou cerca de 300 vagas em UTI pra uso exclusivo de pacientes com Covid-19 pela rede pública.

Nesta semana, o estado financiou a abertura de mais 66 leitos de cuidado intensivo nos hospitais universitários de Londrina (36), Maringá (10), Ponta Grossa (10) e Cascavel (10), além da separação de mais 52 vagas de UTI no Hospital do Rocio, em Campo Largo. Somando as unidades inicialmente contingenciadas com as novas, chegamos aos 419 leitos do SUS atualmente.

O governo afirma ainda que possui capacidade orçamentária para contratar mais de 600 novos leitos de UTI para o SUS, totalizando pouco mais de 1.100 leitos de cuidado intensivo no estado, mas depende da chegada de equipamentos como respiradores – que estão em falta no mundo todo. Das novas vagas previstas, 80 serão abertas quando forem finalizadas as obras de três hospitais regionais, em Ivaiporã, Guarapuava e Telêmaco Borba. As construções, segundo o governo, devem acabar em até 45 dias.

Números da Covid-19 no Paraná

De acordo com o boletim desta quinta-feira (9), o Paraná já soma 621 infectados pelo coronavírus e 24 mortes pela doença. Entre os mais de 600 confirmados, 114 pessoas já se recuperaram e 117 estão em hospitais. As demais, permanecem em isolamento domiciliar. Outras 346 pessoas aguardam o resultado do exame.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • S

    Salo

    ± 2 horas

    É importante que sejam analisadas as situações de Itália, Espanha, estados unidos e até de Manaus. Nestes locais estão sendo selecionados aqueles que irão morrer por falta de condições de atendimento. É melhor sobrar do que faltar. Assim, para nossa população deve ser muito bem previsto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • R

      Raquel Momm

      ± 5 horas

      Como assim procura? Será que tem algum leito de UTI escondido embaixo de um tapete ou atrás de uma porta? É necessário a criação de novos leitos e em especial respiradores. A população está aguardando de forma paciente mas são necessárias medidas efetivas.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • M

        Marina Kelniar

        ± 8 horas

        O governo não vai admitir que também foi movido pelo vírus da histeria, mas pelo menos o Paraná terá leitos para tratar das enfermidades normais da vida. A saúde ganhou.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.