Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Paraná barra entrada de ônibus dos estados mais atingidos pelo coronavírus
| Foto: Reprodução

O governador do Paraná Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) anunciou que irá barrar a circulação de ônibus vindos de São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Bahia, estados com mais alto índice de contágio pelo novo coronavírus, a partir desta quinta-feira (19). [Atualização: A proibição foi ampliada mais tarde, estendendo as barreiras a qualquer estado].

Confira o pronunciamento na íntegra.

A medida foi anunciada em pronunciamento na tarde desta quarta-feira (18), via redes sociais. "Como esses estados já estavam mais avançados no vírus, queremos evitar que essas pessoas entrem no Paraná. Essa é uma proibição para ônibus interestaduais", disse o governador, que alertou que órgãos irão aumentar a fiscalização nas divisas e fronteiras.

O governador também disse pedir à Infraero que barre os voos cuja origem seja um destes estados, além de ter solicitado ao governo federal que se feche as fronteiras com Argentina e Paraguai. "Vamos enfrentar essa crise de forma mais rápida e branda", disse o governador.

Ratinho apontou ainda que irá cassar o alvará de estabelecimentos que estejam cobrando preços abusivos por álcool em gel. Denúncias poderão ser feitas ao Procon, diz o governador. O órgão irá averiguar os preços.

Novo pronunciamento

Nesta quinta-feira (19), o governador deverá apresentar novas medidas, essas de caráter econômico, para socorrer micro e pequenas empresas afetadas durante estas semanas.

Ratinho ainda tranquilizou os paranaenses, indicando que o estado tem alimento para a demanda do estado e usinas de álcool gel para os produtos de proteção. O início do contágio na capital paranaense levou a uma corrida a supermercados e farmácias.

O governador ressaltou ainda o compromisso de cuidar dos grupos de risco. "O coronavírus vai pegar muitas pessoas, mas os idosos têm uma imunidade mais baixa. O momento de solidariedade é de colaborar com seu vizinho, seu parente", disse o governador.

Também nesta quarta-feira, o Paraná confirmou dois novos casos, elevando para 14 o total de infectados. 67 casos suspeitos estão sendo investigados.

Confira o pronunciamento na íntegra:

5 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]