Polícia Civil cumpre mandado contra fraudes na CNH em 14 cidades do Paraná.
Polícia Civil cumpre mandado contra fraudes na CNH em 14 cidades do Paraná.| Foto:

Operação da Polícia Civil com apoio do Departamento de Trânsito (Detran) mira suspeitos de venda de pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nesta quarta-feira (16) em 14 cidades do Paraná. A investigação levantou a utilização de 3,5 mil pontos fraudados para que motoristas que cometeram irregularidades não perdessem a CNH ao completar 20 pontos. Muitos dos condutores que se apresentaram ao Detran como autores de infrações de trânsito já estavam mortos.

WhatsApp: receba um boletim diário com notícias do Paraná

A operação com 250 policiais ocorre em Curitiba, São José dos Pinhais, Maringá, Marialva, Sarandi, Foz do Iguaçu, Cianorte, Campo Mourão, Londrina, Cambé, São Jorge do Ivaí, Porto Rico, Paiçandu e Janiópolis. Os 86 alvos da investigação são despachantes, autoescolas e empresas de consultoria de trânsito. Motoristas que deixaram de perder pontos na CNH com a fraude também são alvo da investigação que começou há nove meses, mas levanta suspeitas de fraudes cometidas desde 2018.

Os suspeitos estão sendo investigados por falsidade ideológica e associação criminosa. Quinze deles têm antecedentes por crimes de trânsito - como embriaguez ao volante, dirigir sem CNH e afastar-se de local de crime para fugir da responsabilidade civil e penal -, além de tráfico de drogas, estelionato, porte ilegal de arma de fogo, furto, falsificação de selo ou sinal público, uso de documento falso, associação criminosa, receptação e sonegação tributária. Nas buscas, foram apreendidos cerca de 50 kg de pedras preciosas em estado bruto com um dos investigados em Maringá.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]