Parte dos recursos será usada na modernização da malha viária paranaense.
Parte dos recursos será usada na modernização da malha viária paranaense.| Foto: DER

O governo do Paraná está prestes a oficializar um empréstimo de R$ 1,6 bilhão junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal, com o objetivo de bancar obras de infraestrutura rodoviária, projetos na área de segurança pública e agricultura. Segundo o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), o acordo financeiro já tem o aval da Secretaria do Tesouro Nacional e do Conselho Monetário Nacional (CMN), devendo ser assinado nos próximos dias.

As principais informações do Paraná no WhatsApp

Do montante total, R$ 1,2 bilhão é destinado a obras de infraestrutura. Metade dos recursos será investida na modernização da malha viária paranaense, o que, segundo Ratinho, "é a condição necessária para transformar o Paraná no hub logístico da América do Sul". A outra metade será aplicada no Programa Litoral, que prevê a melhoria de estradas, pontes e acessos da região, além da recuperação da Orla de Matinhos.

Outros R$ 300 milhões são destinados a três projetos de segurança pública. Um deles, intitulado Muralha, prevê a instalação de câmeras em pontos estratégicos de cidades, ligadas a programas de reconhecimento facial e de veículos. Já o objetivo do projeto Olho Vivo é “utilizar a tecnologia para criar regiões mais seguras, mediante a integração dos sistemas de segurança municipais, estadual e federal”, segundo o governo. O objetivo do terceiro projeto, Cidade da Polícia, é “reunir órgãos federais, estaduais e municipais para executar planos estratégicos”.

Por fim, os R$ 100 milhões restantes serão aplicados na agricultura, com a melhoria de estradas rurais, obras de saneamento básico e apoio às cadeias produtivas prioritárias.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]