i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Subnotificação

Saiba por que o Paraná tem feito testes da Covid-19 somente em casos graves

  • PorMaria Eduarda Lass, especial para a Gazeta do Povo
  • 02/04/2020 20:26
A doctor performs a mouth swab on a patient to test for for Coronavirus Covid-19 in a new tent extension of Danish National Hospital Rigshospitalet in Copenhagen, Denmark, on April 2, 2020. (Photo by Niels Christian Vilmann / Ritzau Scanpix / AFP) / Denmark OUT
Coleta de amostra de saliva para teste de coronavírus.| Foto: Niels Christian Vilmann/Ritzau Scanpix/AFP

Com número contado de kits para o diagnóstico do novo coronavírus, a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa) tem seguido a recomendação do Ministério da Saúde (MS) para que, uma vez ultrapassada a linha de 100 casos confirmados, os testes passem a ser feitos somente em pacientes que apresentem sintomas graves.

RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

O Paraná já registra 258 casos e 4 mortes decorrentes da Covid-19, de acordo com o boletim divulgado nessa quinta-feira (2). Mas o número de testes positivos não reflete a realidade completa da doença: em Curitiba, por exemplo, apesar de os exames laboratoriais confirmarem 109 casos do novo coronavírus também até esta mesma data, a Prefeitura afirma que acompanha diariamente, por telefone, outras milhares de suspeitas da doença no município, que não serão testadas a menos que evoluam para casos que necessitem de internação.

“Desde que anunciamos a linha telefônica para casos suspeitos da Covid-19, atendemos mais de 12 mil pessoas, das quais, separamos 5 mil com sintomas sugestivos, para serem acompanhadas. Diariamente, nossos profissionais de saúde ligam e monitoram a evolução dos quadros de saúde dessas pessoas, que são orientadas a permanecerem isoladas. Grande parte destes 5 mil casos já completou o ciclo de 14 dias e foi considerada liberada do monitoramento”, afirmou a infectologista da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba (SMSC), Marion Burger, na transmissão ao vivo para atualizar os casos da doença na capital, nesta quinta-feira (2).

No interior, a situação é ainda mais difícil, já que os testes precisam ser enviados para a capital, o que além de tudo atrasa um diagnóstico mais preciso. Esse processo deve ser otimizado com universidades estaduais fazendo os exames longe de Curitiba, o que ainda vai demorar um pouco para acontecer.

Por que focar nos casos graves?

“Temos hoje a estimativa de que 80% a 82% dos casos da Covid-19 não necessitam de internação”, afirma o secretário estadual da saúde, Beto Preto. “Isso não significa que a doença não seja grave, ou que podemos afrouxar as medidas de isolamento, uma vez que os casos assintomáticos podem ser responsáveis por um aumento insuportável dos pacientes graves”.

A principal preocupação das autoridades de saúde é com o gerenciamento de leitos em hospitais. Principalmente porque o tempo de uso desses leitos é muito maior para pacientes acometidos pela Covid-19 do que por outras doenças.

Enquanto casos de infarto, cirurgias eletivas e até mesmo traumas costumam ocupar um leito de UTI por dois, três ou cinco dias, os pacientes graves com Covid-19 precisam de mais de 10 dias de cuidados intensivos e isolados. Se muitas pessoas adoecerem ao mesmo tempo, não haverá leito para todos. Com a escassez de testes para a doença, a escolha por concentrar esforços nos casos graves atende à necessidade imediata das autoridades, ainda que deixe de representar o todo.

De acordo com secretário, o ápice da infecção por coronavírus é esperado, no Paraná, na metade de abril. “Será principalmente no final de abril que poderemos, de fato, entender a curva da doença no estado, e planejar as ações que precisarão ser tomadas dali em diante”, afirma. “O isolamento domiciliar continua sendo nossa principal arma não medicamentosa”.

Falta de insumos para os exames

Segundo Beto Preto, o Paraná recebeu, do Ministério da Saúde, cerca de 4.500 kits para detecção do coronavírus. De acordo com o último boletim divulgado pela Sesa, 3.848 exames já foram usados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) em exames que deram negativo. Entre os 258 casos confirmados até agora, mais de 130 também foram feitos pela rede pública.

A estratégia adotada pelo estado para “economizar” inclui testes também em profissionais da saúde ou de pessoas que tiveram contato direto com infectados pelo coronavírus. Essa medida já vem sendo adotada há cerca de dez dias.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) é quem trabalha na confecção dos kits para detecção do coronavírus no Brasil, e já distribuiu mais de 54 mil testes de biologia molecular, chamados RT-PCR, para os estados. A produção e distribuição dos exames continua, mas, com uma pandemia em curso, a procura pelos insumos para o diagnóstico aumentou no mundo todo, e, com isso, eles já começam a faltar.

Segundo o Ministério da Saúde, para esta semana está prevista a entrega pela Fiocruz de outros 40 mil testes para os estados. O secretário estadual não deu previsão específica para a data da chegada ou quantidade de novos kits destinados ao Paraná.

A nova aposta, por enquanto, é na remessa de 500 mil “testes rápidos” para o coronavírus, que chegou ao Brasil no último dia 30, e está sendo distribuída aos estados. Segundo Beto Preto, uma parte dos testes deveria chegar ao Paraná ainda nesta quinta, informação que não foi confirmada pela Sesa até a publicação desta reportagem.

Os kits rápidos, importados da China, prometem resultados em 15 minutos, mas só funcionam quando utilizados em pacientes que começaram a apresentar sintomas entre sete a dez dias do contágio. Se utilizados antes, podem acusar “falsos negativos”.

Ainda segundo o MS, estes exames devem ser destinados prioritariamente a profissionais da saúde e da segurança pública, que trabalham na linha de frente de combate ao coronavírus. Portanto, para fins de vigilância da epidemia, os testes moleculares, realizados pelo Lacen, continuarão sendo feitos em casos graves e, em casos leves, somente por amostragem.

Estimativa mais próxima da realidade

Para buscar estimativas mais próximas à realidade, especialmente quanto aos casos leves, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que fechou um aparceria com o MS para realizar a PNAD-Covid. O monitoramentoserá feito pelo IBGE remotamente, pelo telefone, e entrevistará as mesmas pessoas por pelo menos três meses, com estatísticas oficiais da Covid divulgadas semanalmente.

9 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 9 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    CARLOS RF

    ± 22 horas

    Os figurões (políticos e personalidades abastadas) fazem exames quando querem.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • B

      bilu dandão

      ± 1 horas

      falo isso desde 18 de março

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Thinker

    ± 22 horas

    Na luta contra a Covid-19, com esforço de todos para o isolamento social, sacrificando a economia e empregos em prol da vida, muito pouco tem feito o Governo Ratinho de medidas efetivas para apoiar a população. Esse governo parece não existir. Não à toa o Paraná teve na última semana mais 12 mortes pela epidemia da Dengue (90% das mortes no Brasil).

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 1 dias

    Aqui em Curitiba parece que o isolamento está dando resultado. Mas estamos achatando a curva ou apenas postergando-a?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    bilu dandão

    ± 1 dias

    Mentira, politicos juizes ,etc e familiares fizeram até sem dar um espirro. só acompanho esse panfleto para ver quanto mentem e omitem. prefiro as minhas fontes.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 1 dias

    A Secretaria de Saúde do PR e o Lacen vêm fazendo um trabalho muito bom, sério responsável. Dois fatores me preocupam muito doravante: a grande São Paulo será o epicentro de casos e mortandade, então, o que fazer para impedir que Curitiba seja contagiada e, segundo, a falta dágua que será cada vez maior pois a estiagem vai se prolongar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fabiam Fagner

    ± 1 dias

    Desesperador. Dessa forma os números apresentados diariamente talvez não reflitam nem 1/20 dos números reais. Ou seja, a doença está muito mais avançada no Paraná e no Brasil do que os números oficiais mostram. Infelizmente esses números baixos dão a população uma falsa sensação de que ainda não fomos seriamente afetados, por isso há ainda grande circulação de pessoas nas ruas de Curitiba.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • C

      CSG

      ± 1 dias

      Neto: Esta é uma conta que precisa ser levada em consideração , porém ainda não estamos no píco da epidemia.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • N

      Neto

      ± 1 dias

      Pode ser, não há como ter certeza. Mas se vc estiver certo, então a letalidade da doença é muito menor, pelo menos 20 vezes menor, segundo você.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.