i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Projeção

A partir de 4 de setembro Covid deve começar a recuar no Paraná, diz estudo

  • 21/08/2020 12:04
Projeção não leva em conta risco de uma segunda onda da pandemia
Projeção não leva em conta risco de uma segunda onda da pandemia| Foto: Gerson Klaina / Tribuna do Paraná

A plataforma de ciência de dados em saúde “Funcional Health Tech” divulgou nova atualização em suas projeções para o pico da pandemia de Covid-19 no Paraná, prevendo que, a partir de 4 de setembro o número de casos ativos comece a cair no estado. Apesar de a última projeção da empresa ter indicado 24 de agosto como data para o pico, na atualização dos dados, o Paraná deixa de ser o estado com ciclo mais longo do coronavírus, uma vez que a nova projeção para o Rio Grande do Sul é de pico apenas em 06 de outubro.

As principais notícias do Paraná no seu whatsapp

O pico no Brasil, segundo o estudo da Funcional Health, já passou. Foi em 21 de julho. “Assim, o modelo indica que o Brasil, como um todo, já passou pelo pico da pandemia, caso não haja uma nova onda”, diz o estudo. Foi na semana de 21 de julho que o país registrou, até agora, o maior número de novos casos em um período de sete dias (319,6 mil). Desde então, nas três semanas completas seguintes, o número vem caindo discretamente. Na última semana, encerrada em 15 de agosto, foram 304,6 mil casos. O estudo também mostra que o pico já passou na maioria dos estados brasileiros, como São Paulo (05 de agosto) e Rio de Janeiro (23 de julho). Para Minas Gerais, a projeção é de pico em 24 de agosto.

A diretora executiva da Funcional Health, Raquel Marimon, explica que tem se repetido, no Paraná, o mesmo movimento dos demais estados, com a interiorização da doença, o que postergou o pico. “Um ponto importante é entender que quando se olha um estado inteiro, se tem diferentes cidades, diferentes regiões, com momentos diferentes. Essa doença começou nas capitais, chegou às cidades da Região Metropolitana. Depois, começou a crescer nas cidades grandes distantes da capital e, agora, chega os municípios menores do interior. Por isso, apesar de algumas cidades já estarem registrando diminuição no número de novos casos, a curva ainda não começou a baixar”, analisa.

Marimon explica, também, que o estudo não trabalha com a variável de uma segunda onda de contaminações, embora isso possa ocorrer se a população relaxar com os cuidados após o pico. “O modelo epidemiológico é para fazer um pico e descer, ele nunca vai prever essa segunda onda, mas, em vários países foi observada a segunda onda. E ela é consequência do comportamento humano. Vem a notícia que o cenário está melhor, de que ‘o pior já passou’ e acabamos pecando no protocolo social e o número de infecções começa a ter outro pico. Aconteceu na gripe espanhola, aconteceu em outras epidemias. Hoje temos muito mais informações, sabemos o que devemos fazer para que, desta vez, isso não ocorra”, conclui. Ela lembra que, apesar de o país e a maioria dos estados já terem atingido o pico, a curva descendente tende a ser lenta. Há ainda um grande número de casos novos a cada dia, mas um pouco menor que no dia anterior, como mostra a curva nacional, que apesar dedescendente, ainda registra mais de 45 mil novos casos por dia.

21% da população paranaense terá contato com o vírus

O estudo da Funcional Health Care também projeta o número de casos confirmados e de contaminações nos estados e no país até o final do ano. Para o Paraná, o estudo estima que o estado chegará em 31 de dezembro com 351,4 mil casos confirmados de Covid-19. No boletim de 20 de agosto, o estado tinha 111 mil casos. A metodologia da Funcional Health considera que para caso oficialmente registrado, sete pessoas foram, de fato, contaminadas pelo vírus, por conta da subnotificação e da prevalência de casos assintomáticos. Assim, a projeção é de que, até o final do ano, 2,46 milhões de paranaenses terão sido contaminados em algum momento, o que representa 21% da população do estado, de 11,4 milhões.

O percentual de contaminação no Paraná ficará semelhante à média nacional. Para o país, o estudo projeta 5,8 milhões de casos confirmados (hoje são 3,5 milhões). Com a relação de sete contaminações efetivas para cada caso confirmado, até o final do ano 40,5 milhões de brasileiros podem ter contato com o vírus, 19% da população de 210 milhões.

10 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 10 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • L

    Luiz Carlos Giublin Junior

    ± 1 dias

    Os especialistas continuam "chutando" para ter seus cinco minutos de "fama". Não perdem uma única oportunidade de passarem vergonha. Deveriam doar suas mentes"brilhantes" para que a ciência possa estudar e ver que tipo de m....tem dentro dela. O Imperial College falou em 2 milhões de brasileiros mortos...eu não esqueci....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcelo sales

    ± 1 dias

    Essas previsões são ridículas, como a reportagem do dia 20/07 que falou que no dia 20/08 o Paraná teria 100 mortes por dia (errou feio). https://www.gazetadopovo.com.br/parana/parana-pode-chegar-a-100-mortes-diarias-por-covid-19-daqui-a-um-mes/?ref=mais-lidas

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luis Franzon

    ± 1 dias

    Opaaa ja conseguiram marcar uMa data entao?! Ciencia!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • A

      André

      ± 1 dias

      Ahã, genial

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 1 dias

    Só falta combinar com o vírus e com o pessoal que não segue as determinações sanitárias.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    WILSON

    ± 2 dias

    Ah !!! Esses modelos estatísticos têm total "evidência científica"!!! Então devemos acreditar neles ... Dizem eles "na atualização dos dados, o Paraná deixa de ser o estado com ciclo mais longo do coronavírus," Ah...que bom !!! Então nós estavamos na dianteira em alguma outra coisa ,além da burrice de não adotar os tratamentos preventivo e o precoce com Ivermectina e hidroxicloroquina Kkkkkk....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paula A S

    ± 2 dias

    Temos q aprender a conviver c vírus, tomar os devidos cuidados e vida que segue!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Armando

    ± 2 dias

    Na europa..o COVID está voltando.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • J

      Jota

      ± 2 dias

      Casos recorrentes continuaram ocorrendo mesmo com vacina.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.