Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Piraquara decidiu pela manutenção das normas publicadas na semana passada
Piraquara decidiu pela manutenção das normas publicadas na semana passada| Foto: Divulgação/Prefeitura de Piraquara

As prefeituras de Piraquara e São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, informaram nesta quarta-feira (2) que não devem publicar por enquanto novos decretos com medidas de enfrentamento à pandemia de Covid-19. As duas administrações municipais informaram que vão manter as regras publicadas na semana passada, mesmo diante do apelo da prefeitura de Curitiba para que os municípios vizinhos adotem as normas da bandeira vermelha, vigente na capital desde sábado (29).

As principais notícias do Paraná pelo WhatsApp

“Após avaliação dos decretos dos municípios mais próximos, Piraquara decidiu pela manutenção do atual decreto 9.345/2021, publicado na sexta-feira passada, dia 28 de maio, que já impôs restrições mais rígidas como o toque de recolher das 20h às 5h, limitação da capacidade de 30% para o comércio em geral, setor gastronômico e atividades religiosas, além do fechamento dos mercados aos domingos. A fiscalização também foi intensificada para exigência do cumprimento das restrições. Em parceria com a Polícia Militar, as festas clandestinas também são alvos da fiscalização, principalmente na região rural”, informou a prefeitura de Piraquara, em nota.

A prefeitura de São José dos Pinhais apontou que seu decreto mais recente, publicado também no dia 28, segue as normas mais recentes do governo do estado: além do toque de recolher das 20h às 5h e lei seca, a administração municipal determinou que atividades não essenciais deixam de funcionar aos domingos, considerando restaurantes, shoppings, academias e comércio em geral. Durante a semana e aos sábados, esses setores estão autorizados a abrir ao público. Já aos domingos, só está permitido o atendimento na modalidade delivery.

Em reunião virtual da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec), logo após a bandeira vermelha ser decretada, o vice-prefeito de Curitiba e coordenador municipal de Ações Integradas com a Região Metropolitana, Eduardo Pimentel, solicitou a adesão dos municípios vizinhos às regras do mais recente decreto da capital.

“Reiteramos a necessidade de um esforço conjunto para uma crise sanitária que não é só de Curitiba, mas da Grande Curitiba. Precisamos do enfrentamento de todos para vencer esse vírus”, disse Pimentel na ocasião.

Nos últimos dias, prefeituras da Região Metropolitana de Curitiba publicaram novos decretos, mas em grande parte eles estabelecem medidas menos restritivas dos que as adotadas na capital.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]