Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Prédio da Justiça Eleitoral em Curitiba
Prédio da Justiça Eleitoral em Curitiba.| Foto: Arquivo/Gazeta do Povo

Quatro anos atrás, o prefeito de Curitiba e os 38 vereadores eleitos na capital foram até o Grande Auditório do Teatro Positivo, o maior teatro do Paraná, para participar da cerimônia de entrega dos diplomas emitidos pela Justiça Eleitoral. Mas, neste ano, em função da pandemia do novo coronavírus, a cerimônia de diplomação será diferente. Marcada para as 17 horas desta sexta-feira (18), ela ocorrerá na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) e somente quatro eleitos nas urnas de novembro participarão presencialmente do evento.

WhatsApp: receba um boletim diário com notícias do Paraná

A diplomação encerra o processo eleitoral e habilita o eleito a tomar posse no cargo, mas a cerimônia de entrega do documento – que costumeiramente era prestigiada pelas famílias dos políticos eleitos – agora terá a participação apenas do prefeito reeleito Rafael Greca (DEM) e de seu vice, Eduardo Pimentel (PSD), além de dois vereadores eleitos, que representarão os demais. Foram escolhidos o atual presidente da Câmara de Curitiba, o vereador reeleito Sabino Picolo (DEM), e Indiara Barbosa (Novo), que obteve o maior número de votos entre todos os 38 eleitos e vai estrear na Casa.

Todos os candidatos vitoriosos – e também suplentes até a terceira colocação - podem emitir o diploma de forma on-line, no site TRE. A nova versão da cerimônia será transmitida na íntegra, ao vivo, pelo Canal do TRE no YouTube. A solenidade será presidida pelo juiz da 2ª Zona Eleitoral de Curitiba, Diego Santos Teixeira, e deve durar cerca de uma hora. Também estarão presentes o presidente do TRE, desembargador Tito Campos de Paula; o vice-presidente e corregedor, desembargador Vitor Roberto Silva; e o diretor-geral, Valcir Mombach.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]