Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Motoristas recebem orientações de agente de trânsito no primeiro dia de operação do Estar Eletrônico em Curitiba
Motoristas recebem orientações de agente de trânsito no primeiro dia de operação do Estar Eletrônico em Curitiba| Foto: Gerson Klaina / Tribuna do Paraná

O EstaR Eletrônico, aplicativo que vai substituir as folhinhas de papel, começou a valer nesta segunda-feira (16) em Curitiba e teve estreia marcada por muitas dúvidas entre os motoristas. Agentes de trânsito passaram o dia orientando sobre o funcionamento do novo sistema. Os blocos ainda têm validade até 10 de maio; depois, devem ser trocados por créditos eletrônicos até o dia 10 de junho.

RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

Em algumas quadras centrais, entre a Rua André de Barros e a Avenida Marechal Deodoro, a grande pergunta dos motoristas era para saber qual o nome do aplicativo que teria que ser baixado.

Não há apenas uma ferramenta homologada. Os motoristas têm oito opções de aplicativos para obter créditos do EstaR Eletrônico em Curitiba: Zul Digital, Faz Digital Curitiba, Transitabile, Iomob, Cidatec, El Parking, Areatec e Amaralina.

A reportagem constatou que o sistema começou com problemas, pois, em alguns casos, não indicava o local onde o carro estava estacionado. O administrador de empresas Leonardo Alberti, 39 anos estacionou e logo foi abordado pelos agentes que perceberam o erro no aplicativo. “Não aparece o local que estacionei. Foi descontado o valor e está contando o horário. Acho legal esta forma de cobrança, mas ainda é preciso melhorar. A modernidade está aí, mas é preciso estar funcionando”, relata Leonardo.

Outro tipo de reclamação é quanto à segurança para o motorista. Com os cartões de papel, a pessoa preenche os dados e deixa visível para o agente de trânsito. O receio é ter que pegar o celular para comprar os créditos, o que pode chamar a atenção de ladrões.

A promotora de vendas Pamela Barbosa, 29 anos, costuma estacionar o carro no Centro e não gostou muito desta modernidade. “Eu acho que complica a vida da gente. Como trabalho com o carro da empresa é preciso estar cadastrado. No papel era mais fácil e mais independente. Além disso, acho perigoso acessar o celular em algumas ruas”, comenta Pamela.

Veja como funciona

Após baixar no celular um aplicativo autorizado para operar o EstaR Eletrônico em Curitiba, o motorista precisa comprar créditos pelo próprio aplicativo, em totens ou pontos de venda do comércio. É preciso realizar um cadastro no app escolhido, depois colocar o número da placa do veículo, a localização, o tempo de permanência e fazer o pagamento.

O horário do EstaR Eletrônico deve seguir as mesmas regras atuais. Nas vagas destinadas ao estacionamento regulamentado o horário é das 9h às 19h de segunda a sexta-feira e aos sábados das 9h às 14h. O limite de permanência na vaga continua o mesmo, de duas horas. Entretanto, agora o tempo é fracionado em 15 minutos.

O aplicativo também avisa quando o prazo de estacionamento estiver acabando, dando a opção de renovação para mais um período, caso não exceda o limite máximo de duas horas.

Conteúdo editado por:Marcos Tosi
9 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]