Vacinação
Lucimar de Oliveira foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid no Paraná| Foto: Reprodução/Tribuna do Paraná

Uma enfermeira do Hospital do Trabalhador, em Curitiba, foi a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 no Paraná. Lucimar Josiane de Oliveira, 44, recebeu a vacina na noite desta segunda-feira (18), às 21h45, em um evento simbólico, juntamente com outros sete profissionais de saúde e gestão hospitalar que atuam na linha de frente no combate à pandemia. Eles receberam doses da Coronavac, distribuída pelo Ministério da Saúde e cujas primeiras doses chegaram ao Paraná por volta das 19h no Aeroporto Afonso Pena.

Receba as principais notícias do Paraná pelo WhatsApp

As vacinas foram aplicadas em oito profissionais da área de saúde e da gestão hospitalar no Hospital do Trabalhador, também como homenagem aos 74 anos da instituição. São dois técnicos de enfermagem, um enfermeiro, um médico, um fisioterapeuta, um nutricionista, um fonoaudiólogo e um encarregado da higienização.

Ao repórter Lucas Sarzi, da Tribuna do Paraná, Lucimar se disse "emocionada" e "muito protegida". Mesmo imunizada, ela alertou para os cuidados como distanciamento social, uso de máscara e álcool gel. "Estou imunizada, mas não é por causa disso que vou baixar a guarda com o vírus. É duro não poder abraçar um pai, um avô, um filho. Mas ainda é necessário", disse.

Presente no ato de vacinação, o governador Carlos Massa Ratinho Junior descreveu o dia como "histórico". "Estamos vencendo uma parte dessa guerra e começamos [a vacinação] por aqueles que mais trabalharam nessa pandemia e que deram, como missão as suas vidas. São nossos profissionais de saúde", disse. "Nada mais do que justo do que a Saúde no Brasil fazer uma homenagem a esses profissionais".

Um dos imunizados foi o médico Diego Schuster Paes, coordenador médico do Hospital do Trabalhador. Em entrevista ao jornal Boa Noite Paraná, da RPC, ele se disse feliz por ter sido escolhido um dos primeiros paranaenses a receber a vacina e comemorou o início do processo de imunização após meses de pandemia. "É uma alegria que não cabe no peito", afirmou.

Nesta terça-feira (19), as 265,6 mil doses destinadas ao Paraná começam a ser distribuídas por todo o estado, para que os municípios comecem a vacinação. Desse total, 22.720 doses estão reservadas para a população indígena e 242.880 para o restante dos grupos prioritários: profissionais de saúde que atuam diretamente no combate à Covid-19 e idosos que vivem em asilos e seus cuidadores. Os imunizantes serão destinados a 12.224 pessoas com 60 anos ou mais, 482 pessoas com deficiência, 10.816 indígenas e 102.959 profissionais da saúde.

Alguns municípios paranaenses pretendem iniciar a vacinação já na terça-feira, dependendo da chegada das doses. Para levar as vacinas aos 399 municípios do estado, o governo contará com três aviões, um helicóptero e caminhões baú refrigerados. Curitiba receberá um total 24,4 mil doses para dar início, na quarta-feira (20), ao plano municipal de imunização contra o coronavírus. O estado pretende imunizar 4 milhões de pessoas até o fim de maio.

5 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]