i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Personalidade

Atraso, almoço no Palácio e lanceiros: bastidores da visita de Rodrigo Maia ao PR

  • PorGazeta do Povo
  • 23/09/2019 17:44
Rodrigo Maia
O presidente da Câmara dos Deputados, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), na Assembleia Legislativa do Paraná.| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

A visita do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), foi bem mais rápida do que havia sido prevista. Ele era esperado por volta das 11 horas desta segunda-feira (23), para o lançamento do pacote de Parcerias Público-Privadas (PPPs) pelo governo do Paraná, mas não chegou a tempo de participar da solenidade.

RECEBA notícias do Paraná pelo messenger do Facebook

Maia acabou chegando ao Palácio Iguaçu cerca de duas horas depois do previsto. A solenidade já havia acabado. Mas o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) estava aguardando para um almoço reservado. Parte da bancada federal do Paraná participou da conversa.

Pouco depois das 14 horas, Rodrigo Maia fez de carro os poucos metros do trajeto entre o Palácio Iguaçu e a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), no Centro Cívico, e foi recebido pelos lanceiros, com a farda de gala, e a banda da Polícia Militar. Fez uma visita de cortesia à presidência da Alep, acompanhado de Ratinho Junior e de três dezenas de deputados estaduais e federais. Recebeu de presente um livro de fotografias de Nani Gois, que registrou seis meses de construção do Museu Oscar Niemeyer (MON).

Sessão na Alep com Rodrigo Maia
Sessão especial na Alep com a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, sobre parcerias público-privadas (PPPs).| Albari Rosa/Gazeta do Povo

Na sequência, ao atender a imprensa, a conversa se concentrou no chamado excludente de ilicitude, tendo em vista que o presidente da Câmara Federal abordou o tema durante o final de semana, depois da morte da menina Ágatha Félix, no Rio de Janeiro. Ele voltou a dizer que é preciso ser criterioso para evitar eventuais impunidades no caso de mortes durante ações policiais. Ele disse que não pretende polemizar sobre o assunto com o ministro da Justiça, Sergio Moro. Falou também do que espera do discurso do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU.

Só então começou a sessão especial sobre mudanças na legislação nacional de PPPs, proposta pelo deputado federal Rubens Bueno (Cidadania). Maia fez uma fala protocolar, de cinco minutos, enfatizando que o poder público precisa dos investimentos privados porque não tem recursos próprios para fazer as obras necessárias. Também elogiou o Paraná, dizendo que é um estado maravilhoso, com excelente gestão e onde as políticas públicas funcionam.

Rodrigo Maia
Rodrigo Maia fez uma fala rápida sobre PPPs antes de deixar a Alep para um compromisso em São Paulo.| Albari Rosa/Gazeta do Povo

Ratinho Junior fez uma fala igualmente rápida, repetindo o que havia dito de manhã, durante o lançamento do pacote de PPPs, e pediu para fazer uma sugestão aos participantes do debate sobre a necessidade de mudanças na legislação de parcerias. O governador disse que o tempo médio para colocar uma PPP de pé é de 500 dias e avaliou que deveria ser bem menor, tendo em vista o mandato de quatro anos.

Maia deixou o plenário da Alep antes mesmo do início das palestras sobre PPPs, pois precisava estar em São Paulo às 18 horas, para participar de um debate sobre políticas públicas.

Rodrigo Maia, Ademar Traiano e Ratinho Junior
Rodrigo Maia, Ademar Traiano e Ratinho Junior na Alep.| Albari Rosa/Gazeta do Povo
4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    C R Berger

    ± 0 minutos

    Tá pouco prestigiado pela Gazeta, o presidente da ALEP. Foi citado na matéria como presidente ALEP e não pelo nome. E até me parece correto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 1 horas

    Falando a verdade: quanto foi gasto dos nossos impostos para produzir ZERO?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    HERMES CARLOS BOLLMANN

    ± 2 horas

    Uma Lastima> ALÉM DE NÃO TER O QUE FAZER AQUI> ainda chega atrasado E O GOVERNADOR RATINHO> Parece papagaio de Pirata< Ou, Ou, Participando também DE UM ESQUEMA, que está se montando em BRASILIA PARA BOICOTAR BOLSONARO: é Visto e Notório, o que estão FAZENDO: O CARA DE PUM E O SEM VERGONHA DO TAL ALCOLUMBRE DO SENADO: Todos Unidos PARA O PIOR MELHOR PRA ELES E O PAÍS SE AFUNDANDO, SEM AS REFORMAS QUE ELES (OS DOIS) MALACOS, estão segurando, segurando, e colocando O PRESIDENTE NA PAREDE> Uma Vergonha> O que está se passando BNO CONGRESSO E SENADO:>

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Freitas

      ± 1 horas

      Pare de gritar, cara. Não consigo ler as suas mensagens. Gritar não resolve. Concordo com você na maioria das vezes, mas vá ser chato assim....

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.